- Publicidade -
Cotidiano

Romero exonera secretários investigados no Escândalo das Merendas e reforça convicção na “inocência”

Prefeito avalia nomes, com perfil técnico, para substituição de titulares nas duas pastas

O prefeito Romero Rodrigues recebeu, no início da tarde desta sexta-feira, 26, cartas dos secretários Paulo Roberto Diniz (Administração) e Iolanda Barbosa (Educação), colocando seus cargos à disposição. Romero acatou os pedidos, por compreender se tratar do caminho mais recomendável para que os ex-auxiliares se dediquem integralmente às suas defesas, ao mesmo tempo em que permite à gestão manter o ritmo de normalidade administrativa.

- Continua depois da publicidade -

No caso específico da Educação, o prefeito de Campina Grande disse que, desde esta quinta-feira, 25, já tomou providências para a gestão da Secretaria ficar sob a responsabilidade interina do secretário executivo Gildo Silveira, a quem delegou a missão de manter o ritmo administrativo da pasta, com prioridade no apoio às medidas emergenciais para a manutenção no fornecimento da merenda escolar nas unidades de ensino e na finalização de medidas para fechamento da folha de pessoal do setor.

Em relação à Secretaria de Administração, o prefeito disse que a indicação do nome do titular que substituirá Paulo Diniz não vai demorar. Ele avalia alternativas que se encaixem no perfil de excelência técnica do ex-secretário e acredita que essa solução terá rápido desfecho.

Reconhecimento

Lamentando as circunstâncias adversas que atingiram Iolanda Barbosa e Paulo Diniz, Romero Rodrigues fez questão de reafirmar sua convicção na inocência dos ex-secretários e agradecer, publicamente, pelos serviços prestados por mais de sete anos à cidade em sua gestão, com excelência no desempenho, dedicação extrema e resultados objetivos inquestionáveis.

Segundo o prefeito, pela trajetória de vida, qualidade técnica e virtudes éticas e profissionais dos dois ex-auxiliares – tendo a presunção de inocência como um princípio basilar perfeitamente aplicável, sem restrições, para Iolanda Barbosa e Paulo Diniz – os fatos recentes jamais teriam o poder de apagar ou macular a biografia de ambos. “Meu respeito e admiração por eles se mantém incólumes”, resumiu Romero.

Entenda tudo sobre o caso:

+ PMCG se reúne com MPF para viabilizar providência emergencial que garanta merenda

+ Após escândalo da merenda escolar, Romero suspende contratos

+ Juiz encaminha secretária de Educação de CG para Penitenciária Feminina

+ Secretária de Educação de Romero se entrega à PF para cumprir prisão temporária

+ Empresa ‘fantasma’ teria recebido R$ 18 milhões da PMCG sem ter um único funcionário e sede

+ Ao determinar prisão de secretária em CG, juiz aponta que ela liderava núcleo político da ‘quadrilha’

+ Após operação que afastou dois secretários, PMCG diz que está “à disposição das autoridades”

+ Procuradora detalha esquema criminoso envolvendo secretários e servidores da gestão Romero

+ Operação da PF prende 14 em CG e MPF aponta contratação de ‘fachadas’ por gestão Romero

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar