Prefeitura de Patos corta R$ 800 mil na folha de pessoal, mas continua no vermelho

Prefeito de Patos, Ivanes Lacerda à direita

O prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda (MDB), cortou R$ 800 mil no custo da folha de pessoal no mês de setembro. A economia foi possibilitada a partir de cortes em gratificações de comissionados e em contratos. A medida está em consonância com o que foi prometido pelo gestor em coletiva em 18 do mês passado, quando expôs a situação precária das finanças do município.

Apesar disso, o orçamento da cidade continua deficitário uma vez que as receitas do município caíram em R$ 1,3 milhões no mês.

“O município sobrevive de repasses e eles têm caído sistematicamente”, comentou o secretário de Finanças, Arnon Medeiros ao Jornal da Paraíba.

De acordo com o o secretário, o município tem um déficit de cerca de R$ 80 milhões e enfrentado dificuldades no pagamento de fornecedores e na execução de serviços básicos.

Comente