Publicidade
Política

Pollyanna se queixa após ficar fora das CPIs e líder rebate: “não trabalho por telepatia”

Wilson Filho, líder do blocão, foi o responsável por indicar os nomes dos titulares e suplentes das comissões

A deputada estadual Pollyanna Dutra (PSB) se queixou, nesta quarta-feira (15), durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), de não ter sido indicada como membro titular de nenhuma das três comissões parlamentares de inquérito (CPIs) que foram instauradas na Casa de Epitácio Pessoa.

- Continua depois da publicidade -

+ ALPB instaura CPIs para investigar feminicídios, LGBTfobia e indústria de multas

Como foram protocoladas por Cida Ramos e Estela Bezerra, ambas do PSB, quem indicou os nomes para as CPIs foi o deputado Wilson Filho (PTB), que lidera o blocão, ao qual o PSB faz parte. Ele rebateu a ‘lamentação’ da parlamentar.

“Sou seu amigo pessoal, você tem meu número e pode ligar a qualquer momento. Agora eu não trabalho por telepatia. Todos que eu indiquei, conversaram comigo”, esclareceu, deixando ainda, à disposição, a sua vaga como titular em uma das comissões para que a socialista pudesse entrar.

Em sua réplica, Pollyanna disse que não ficou sabendo da instauração das CPIs.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar