Paraibano Bertrand Lira ganha quatro prêmios no 26º Festival de Cinema de Vitória

O cinema paraibano vive um de seus melhores momentos. O filme paraibano “O Seu Amor de Volta (Mesmo que Ele Não Queira)”, de Bertrand Lira, conquistou quatro prêmios no 26º Festival de Cinema de Vitória, um deles para a atriz paraibana Marcélia Cartaxo.

Marcélia Cartaxo ganhou o prêmio de Melhor Interpretação pelas atuações em “O Seu Amor de Volta (Mesmo que Ele Não Queira)” e em “Pacarrete”, longa cearense do diretor Allan Deberton.

Betrand Lira foi premiado pela Melhor Direção e Melhor Roteiro, e William Muniz ganhou Menção Honrosa por sua atuação no filme. Segundo longa-metragem do diretor paraibano, “O Seu Amor de Volta (Mesmo que Ele Não Queira)” foi patrocinado pelo Edital Walfredo Rodriguez de Produção Audiovisual, da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP).

O Prêmio Walfredo Rodriguez é fundamental para o fomento do cinema na Paraíba. Os frutos desse prêmio estão repercutindo no Brasil e, sem exageros, no mundo com a participação de alguns dos curtas e longas-metragens em festivais internacionais, a exemplo do Festival de Cinema de Roterdã, na Holanda”, afirmou Bertrand Lira.

“A premiação em Vitória me encheu de orgulho e me deu a certeza que estou no caminho certo nos meus estudos e pesquisa sobre a mise-en-scène cinematográfica, sobretudo pelos elogios da crítica e do público nos debates que tiveram lugar no Fest Aruanda e no 26º Festival de Cinema de Vitória, que teve mais de 120 longas-metragens inscritos e apenas seis foram selecionados”, completou.

Nos EUA – Além de financiar a produção desses filmes, a PMJP também divulga as obras realizadas através do Edital Walfredo Rodriguez. A Funjope firmou uma parceria com o Los Angeles Brazilian Film Festival (LABRFF), que será realizado de 13 a 17 deste mês nos Estados Unidos e terá quatro filmes exibidos no Festival.

Este ano o Los Angeles Brazilian Film Festival recebe a Mostra Walfredo Rodriguez, com exibição do longa-metragem “Rebento”, de André Morais, e os curtas “Bodas de Aruanda”, de Chico Sales, “Crua”, de Diego Lima, e “Deus não acredita em máquinas”, de Ely Marques, todos patrocinados pelo Edital da Prefeitura de João Pessoa. Informações do ClickPB.

Comente