“Não é afronta à Justiça, estava na minha casa, recebendo meus amigos”, diz Márcia Lucena

A prefeita de Conde, Márcia Lucena (PSB) comentou nesta segunda-feira (9) através de uma publicação em suas redes sociais, sobre um encontro em sua residência, onde artistas paraibanos, que são seus amigos pessoais, realizaram um show. Após notícias maldosas, de acordo com a gestora, ela resolveu tratar sobre o tema.

Márcia explicou que a ocasião não foi uma afronta à Justiça como foi tratado por setores da imprensa, e que tem cumprido as cautelares impostas a ela, com todo respeito as decisões judiciais e ao Poder Judiciário da Paraíba.

“Isso não tem nada de errado. Não é uma afronta à Justiça. Eu estava na minha casa, recebendo meus amigos, que quiseram me dar esse presente. A Justiça me impôs o uso da tornozeleira e o cumprimento de cautelares e tenho feito isso com muito respeito, porque respeito a decisão da justiça. Sei que tudo isso faz parte de um processo e que no final tudo será esclarecido. Confio na Justiça e tenho fé nela, e sei que tudo é passageiro”, afirmou a prefeita.

Ela ainda lembrou que a Justiça não a obrigou a ficar em casa sofrendo, além de destacar que seus amigos e familiares também sentem o sofrimento pelo qual ela está passando e prestam solidariedade de diversas formas.

“A Justiça não me impôs ficar em casa sofrendo, deprimida, me enchendo de medicação, ela não me impôs esse sofrimento. O sofrimento que tenho vivido já é suficiente, porque quem usa essa tornozeleira, quem está em casa nos finais de semana e as noites a partir das 20h, cumprindo todas as determinações não sou eu sozinha, porque toda a minha família e amigos sentem isso”, disse.

De acordo com Márcia, a solidariedade de seus amigos tem lhe dado força. “Eu suporto a dor porque tenho amigos. Vou trabalhar porque a Justiça não me impediu, uso vestido porque também não me foi impedido. Não tenho motivo para não receber o carinho dos meus amigos e dançar, cantar e curtir com eles, pois são tão poucos os momentos. Se não posso sair de casa e eles veem na minha casa, qual o problema?”, questionou.

Ataques da imprensa

Segundo a prefeita, notícias relacionadas às suas ações, mesmo não tendo sido proibidas pela justiça, ainda serão assuntos para alguns setores da imprensa paraibana. Ao finalizar, ela pede para que as pessoas foquem no bom jornalismo existente e acredita que tudo será esclarecido pela Justiça no final.

“Vamos ficar atentos a isso. Porque é isso que vai acontecer daqui para a frente. É esse tipo de notícia que vai ser veiculada em alguns blogs. Vamos focar nos blogs que fazem o bom jornalismo, pois tem muita gente boa na Paraíba fazendo o jornalismo decente, ético, correto, prestando um serviço à população e esclarecendo os pontos. A Justiça sabe o que faz e sei que no final tudo isso será resolvido”, finalizou.

Assista

Comente