MPPB realiza inscrições para curso sobre violência contra mulher até terça-feira

O Ministério Público da Paraíba vai realizar, no próximo dia 23, o curso ‘Enfrentamento à Violência Doméstica – Provocando uma Atitude de Paz’, que vai contar com oficinas para o desenvolvimento do trabalho de conscientização de homens que agridem mulheres. A capacitação é destinada, principalmente, a promotores de Justiça, em especial aos que atuam na área de defesa dos direitos da mulher. As inscrições para membros do MP deverão ser realizadas até a próxima terça-feira (20). Parte do evento também será aberta a pessoas que trabalham com políticas públicas para mulheres ou que querem obter conhecimento sobre o assunto.

O Curso será realizado em dois momentos distintos. O primeiro será pela manhã, com início às 8h, no Auditório Edgardo Ferreira Soares, da Procuradoria-Geral de Justiça, e será aberto ao público. De acordo com a promotora de Justiça e coordenadora do Centro de Apoio às Promotorias Cíveis e da Família, Elaine Cristina Pereira Alencar, haverá palestras abordando temas como: contextualização histórica da violência, construção do machismo e as variadas formas de violência contra a mulher (física, psicológica, moral, patrimonial…).

Já no turno da tarde, serão ministradas oficinas a partir das 14h, no miniauditório do Anexo VI do MPPB (sede da Promotoria da Mulher da Capital), localizado na Rua 13 de maio, Centro. Este momento é destinado, prioritariamente, a membros e terá vagas limitadas a 18 participantes, para melhor aproveitamento do curso. Se houver remanescentes, serão ofertadas a outros interessados.

De acordo com Elaine Alencar, para essa turma restrita serão ofertadas oficinas de preparação para a execução do trabalho de grupos reflexivos com homens, autores de violência contra a mulher, que são alvos de inquérito ou ação penal. A ideia é que, a partir do conhecimento, sobre a atitude deles enquanto agressores, possam ser conscientizados, mudem de atitude, não mais reincidam e sejam divulgadores da transformação.

Os promotores de Justiça têm prioridade para participação na turma restrita. E, em havendo membros interessados em número superior ao de vagas, será dada preferência ao promotor com atuação na área de defesa dos direitos da mulher.


Inscrições

Os interessados em participar do evento devem solicitar, via e-mail,([email protected]) sua inscrição, informando seus dados pessoas e local de exercício.

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]