- Publicidade -
Entretenimento

Influencers brasileiros viram notícia na Coreia do Sul por xenofobia

Na matéria, o repórter lamenta principalmente o fato de os autores dos vídeos não esclareceram a verdade sobre alimentos em restaurante

Nas últimas semanas, um casal de influencers brasileiros fez uma viagem à Coreia do Sul. Tudo muito legal, com a exceção de que, durante a estadia, eles fizeram uma dezena de stories no Instagram fazendo “piadinhas” com a língua, a comida e as pessoas do país que eles estavam visitando.

- Continua depois da publicidade -

Imagina alguém ir na sua casa e aproveitar que você não entende a língua falada para debochar de você, dos seus costumes e da sua comida. Não pegou nada bem e membros da comunidade coreana-brasileira e da comunidade brasileira-asiática em geral, alvo de “piadinhas” semelhantes, fizeram postagens e vídeos repudiando a atitude do casal.

Para o nosso constrangimento, a história virou notícia na Coreia do Sul. Na matéria, o repórter lamenta principalmente o fato de os autores dos vídeos não esclareceram a verdade para seus milhares de seguidores – de que a carne no restaurante, não é de cachorro, nem o suco, de larva. O presidente da Associação Coreana no Brasil, Sr. Choi, ponderou ainda que mesmo se eles tivessem trazido a versão real dos fatos depois, a “brincadeira” foi muito errada e preconceituosa.

Jovens brasileiro-asiáticos estão conversando cada vez mais sobre suas vivências, “brincadeiras” das quais são alvo e perdendo o medo de criar uma situação chata ao exigir respeito. Além do que, essas “piadas” podem ser consideradas xenofobia, uma forma de depreciar um grupo de indivíduos por sua raça ou etnia, crime desde 1997. As informações são do UOL.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar