Operação “Double Lock” cumpre 30 mandados em presídios de 14 cidades da PB

Ação tem o objetivo de evitar a progressão de regime dos presos que foram reincidentes

Uma ação conjunta da Polícia Militar da Paraíba com o Ministério Público
da Paraíba (MPPB) através do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime
Organizado (Gaeco) cumpriu, na manhã desta sexta-feira (26), 30 mandados
de prisão em 17 estabelecimentos prisionais no Estado. A ação faz parte da
Operação Double Lock, que mira apenados que foram condenados por novos
crimes enquanto já cumpriam pena por outros delitos.

O objetivo da Operação é evitar a progressão de regime dos presos que foram
reincidentes, reduzindo assim o cometimento de novos crimes quando os
apenados estivessem em liberdade ou com tornozeleira eletrônica. Entre os
crimes cometidos apontados estão porte e posse ilegal de arma de fogo,
tráfico de drogas, homicídio, roubo, furto, lesão corporal no contexto de
violência doméstica, aliciamento de menores, entre outros.

Na Grande João Pessoa os mandados foram cumpridos nos presídios do PB1,
Silvio Porto e Geraldo Beltrão. A ação ocorreu também em outras 13
cidades: Campina Grande, Guarabira, Patos, Cajazeiras, Catolé do Rocha,
Serra Branca, Soledade, Cuité, Monteiro, Remígio, Umbuzeiro, Belém e
Jacaraú.

No inglês, o termo “double lock” pode ser traduzido como fechadura dupla,
fazendo uma referência a nova situação de cárcere dos condenados presos