- Publicidade -
Política

Índice Firjan prova que JP perdeu capacidade de investimento com Cartaxo, lamenta PSB

João Pessoa tem perdido a capacidade de realizar investimentos nos últimos três anos. É o que aponta o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), cuja metodologia atribuiu a pior classificação (Conceito D) à atual administração. Nos anos anteriores a 2013, o índice variou entre os conceitos C (gestão em dificuldade) e B (boa gestão), mas vem sofrendo queda desde o início da gestão de Luciano Cartaxo na Prefeitura da Capital.

- Continua depois da publicidade -

No ano de 2015, João Pessoa obteve apenas 0.2834 em uma escala de 0 até 1.0 em relação ao quesito Investimento. A nota foi a terceira pior entre as nove capitais do Nordeste, ficando à frente apenas de Aracaju (SE) e Maceió (AL). No ranking estadual, o resultado também é negativo para João Pessoa, que ocupa apenas a 92ª colocação entre as cidades paraibanas. São João do Rio do Peixe, Prata e Santarém dividem a primeira colocação com nota máxima (1.0).

Conforme a metodologia adotada pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), que realiza o estudo anualmente, o indicador acompanha o total de investimentos em relação à receita corrente líquida. Ruas pavimentadas, iluminação pública de qualidade, transporte eficiente, escolas e hospitais bem equipados são exemplos de investimentos municipais capazes de aumentar a produtividade do trabalhador e promover o bem-estar da população.

Para o presidente municipal do PSB, o Índice Firjan demonstra claramente como a atual gestão tem feito mal à cidade de João Pessoa. “Os números não deixam dúvidas de que a gestão do atual prefeito fez João Pessoa diminuir de tamanho. Todos os dados deixam isso claro. Mesmo com um orçamento quase três vezes maior do que o PSB teve quando administrou João Pessoa, a atual gestão não consegue fazer nada com recurso próprio”, enfatizou o professor Ronaldo Barbosa, presidente do PSB da Capital.

Saiba mais

O IFGF utiliza-se exclusivamente de estatísticas oficiais declaradas pelos próprios municípios à Secretaria do Tesouro Nacional (STN), conforme parâmetros estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). As informações oficiais são disponibilizadas anualmente pela STN por meio dos arquivos “Finanças do Brasil”, conhecido como Finbra.

FGF 2015 CAPACIDADE DE INVESTIMENTO

RANKING CAPITAL IFGF
1 Teresina (PI) 0.6119
2 Fortaleza (CE) 0.5189
3 Recife (PE) 0.4595
4 São Luís (MA) 0.3459
5 Salvador (BA) 0.3367
6 Natal (RN) 0.3200
7 João Pessoa (PB) 0.2834
8 Aracaju (SE) 0.1675
9 Maceió (AL) 0.1477

Investimentos 2006-2015

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar