Gervásio Maia é o deputado federal da Paraíba que menos gastou em 2019

R$ 4.458.302,19. Este é o valor exato que os deputados federais da Paraíba gastaram com cota parlamentar no ano de 2019. Cota parlamentar é o valor que cada parlamentar pode gastar com serviços que auxiliam sua função no Congresso. Para os representantes da Paraíba, o valor é de R$ 42.032,56 por mês. O Paraíba Já realizou um levantamento e mostra os gastos dos deputados paraibanos no ano passado.

O líder nos gastos com o dinheiro público foi o deputado federal Wilson Santiago (PTB), com quase R$ 440 mil reembolsados. Ele está afastado do cargo devido a seu envolvimento nos casos investigados na Operação Pés de Barro.

Em seguida, vem o deputado Ruy Carneiro (PSDB), com R$ 431,3 mil gastos. Fechando o pódio, o deputado Wellington Roberto (PL), que gastou R$ 430,1 mil no ano passado.

Na contramão de seu discurso contra a máquina pública, o deputado Julian Lemos (PSL) foi o quarto parlamentar paraibano que mais gastou em 2019. Foram R$ 397 mil reembolsados gastos desde que assumiu o mandato.

Hugo Motta (Republicanos) é o quinto lugar do ranking, com um gasto de R$ 396,6 mil, seguido por Edna Henrique (PSDB) com R$ 393,2 mil, Frei Anastácio (PT) com R$ 389,3 mil e Damião Feliciano (PDT) que registrou gasto de R$ 386,9 mil.

Dois nomes importantes no cenário nacional, Efraim Filho (DEM) e Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) ficaram na parte final do ranking, mostrando que mesmo com prestígio não chegaram a abusar dos gastos. O democrata registrou R$353,8 mil, enquanto o líder da maioria na Câmara Federal R$ 353,6 mil.

Ao contrário de Julian, fazendo jus aos seus discursos com relação ao enxugamento dos gastos com dinheiro público pelos políticos, Gervásio Maia (PSB) e Pedro Cunha Lima (PSDB), são os parlamentares paraibanos que menos gastaram com cota parlamentar no ano passado. Sendo R$ 246,1 mil na conta do jovem tucano, e R$ 240,2 mil na do socialista – que é o deputado que menos gasta no estado.

Todos os valores foram retirados do Portal da Transparência da Câmara dos Deputados, e são referentes de fevereiro – quando tomara posse os parlamentares – a dezembro.

Confira o ranking

  1. Wilson Santiago (PTB) – R$ 439.808,51
  2. Ruy Carneiro (PSDB) – R$ 431.317,57
  3. Wellington Roberto (PL) – R$ 430.103,78
  4. Julian Lemos (PSL) – R$ 397.085,76
  5. Hugo Motta (Republicanos) – R$ 396.630,89
  6. Edna Henrique (PSDB) – R$ 393.259,39
  7. Frei Anastácio (PT) – R$ 389.345,16
  8. Damião Feliciano (PDT) – R$ 386.905,05
  9. Efraim Filho (DEM) – R$ 353.827,40
  10. Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) – R$ 353.602,72
  11. Pedro Cunha Lima (PSDB) – R$ 246.129,82
  12. Gervásio Maia (PSB) – R$ 240.286,14

Comente