Gabriel Diniz deixou EP e três músicas prontas, revela pai em missa de 7º dia

Familiares e amigos do cantor Gabriel Diniz celebraram na tarde deste domingo (2) um missa de 7º dia da morte do artista. O pai de Gabriel Diniz, Francisco Cizinato Lacerda Diniz, disse que para ele o “momento é de alegria”, por estar de fato encerrando a “entrega do Gabriel a Deus”, e deu detalhes do futuro da equipe que acompanhava carreira do cantor, morto em um trágico acidente aéreo no povoado Porto do Mato, em Estância, sul de Sergipe, na última segunda-feira (27).

Francisco Cizinato disse que demitiu os profissionais que acompanhavam o cantor. “A gente deu já deu o aviso prévio de todos, não temos interesse de manter a banda em andamento. Vamos botar ela em silêncio em seis meses, um ano”, afirmou.

Apesar do fim do banda, o pai de Gabriel Diniz não descartou a possibilidade de que o trabalho do artista continue a ser divulgado através de algum projeto em paralelo. Segundo ele, o cantor deixou duas músicas gravadas e um EP (gravação com poucas faixas), pronto na Universal Music.

“Falei com um dos diretores da gravadora no velório e ele disse ‘não se engane’ que a gente ainda vai rodar muita coisa dele, até porque tem um contrato firmado e temos que respeitar esse itens, e tudo que vier a remorar a memória do Gabriel nós vamos acatar”, comentou Cizinato.

Resiliência

O pai de Gabriel Diniz disse que está tranquilo. Para Francisco Cizinato, a missa de 7º dia do cantor encerra as despedidas. “Hoje eu estou consagrando ele a Deus, entregando ele a Deus porque eu sei que ele está bacana em um local legal. Quando eu falo isso não é uma metáfora, é porque eu acredito que ele esta em um bom lugar, eu tenho esse entendimento.

Francisco Cizinato falou, ainda, sobre a dor de perder um filho e como é possível seguir em frente. “Se você crer em Deus você fatalmente vai entender que ele teve um propósito e não ficar procurando respostas, algumas saída. Você tem que aguçar a sua fé de modo que não questione nada”, afirmou.

Gabriel Diniz

O corpo de Gabriel Diniz foi enterrado na última terça-feira (28) em um sepultamento restrito a familiares e amigos no Parque das Acácias. Antes do enterro, ele foi velado no Ginásio O Ronaldão, em uma cerimônia aberta ao público com as presenças de fãs e de artistas famosos, amigos do cantor, como Wesley Safadão, Xandy Avião, e Matheus, da dupla Matheus e Kauan, compareceram ao velório do amigo. Artistas paraibanos como Aldair Playboy, Yegor Gomez, Gil Bala e Ramon Schnayder, além da youtuber e humorista Gkay e Renan da Resenha, também humorista, também passaram pelo velório.

Gabriel morreu junto com outras duas pessoas em um acidente de avião na tarde de segunda-feira (27), em Sergipe. Gabriel estava no avião acompanhado de Linaldo Xavier e Abraão Farias, pilotos e diretores do Aeroclube de Alagoas. Eles faziam o trajeto entre Salvador e Maceió, para onde Diniz viajava para comemorar o aniversário da namorada, Karoline Calheiros. As informações são do Jornal da Paraíba.

Comente