Castigada pelas chuvas, Barreira do Cabo Branco enfim recebe visita do prefeito de João Pessoa

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, vistoriou, na manhã desta segunda-feira (1º), os trabalhos da construção da rede de drenagem da barreira do Cabo Branco e anunciou que em breve, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) dará início à nova etapa do projeto de proteção da falésia. Após as fortes chuvas, que fizeram a Barreira desmoronar mais ainda e pressão da classe política e da população, o prefeito visitou o local pela primeira vez no ano e anunciou um projeto que será constituído de quatro fases.

O prefeito explicou todo o projeto para a proteção da barreira. Além da drenagem, realizada desde a parte de cima da barreira, o projeto de R$ 65 milhões, dividido em três etapas, consiste no enrocamento, ou seja, a colocação de rochas no sopé da barreira, para evitar que o mar a atinja e continue provocando sua erosão, a fase de engorda da área de praia e, por último, a construção de gabiões marinhos intercalados com a linha de corais existente.

Segundo ele, a morosidade de ações concretas na Barreira se deu porque enquanto a drenagem supostamente estava sendo executada, a Prefeitura aguarda a liberação dos recursos para iniciar a segunda etapa da obra (primeira etapa com recursos do Governo Federal), a gestão já se antecipou com a realização da licitação para ganhar tempo na execução e aplicação dos recursos. “Agora com a publicação da homologação, em breve estaremos iniciando o enrocamento da barreira”, garantiu. Esta segunda etapa, já homologada, custará R$ 4,1 milhões.

Comente