Vereador alega que sai do PP para fortalecer reeleição de Luciano Cartaxo

O vereador licenciado Helton Renê confirmou, em entrevista ao Paraíba Já, na tarde desta quarta-feira (16), sua desfiliação do PP para ingressar no PCdoB.

De acordo com Helton, a conversa entre ele e o presidente do PP de João Pessoa, Durval Ferreira, foi agradável e que está saindo do partido com o “coração na mão”, pois “desde pequeno conhece e admira” Durval e Enivaldo Ribeiro.

“Eu tô indo para o PCdoB por conta dessa conjuntura política e pra atender esses interesses que venham somar uns com os outros, uma coalisão de interesses em prol de João Pessoa. Tô indo com o coração partido, mas com o sentimento de dever cumprido, e ao mesmo tempo esperançoso e contente. Recebi telefonema até do Rio Grande do Sul, de militantes do partido. É muito gostoso você se sentir apreciado, você se sentir necessário naquele universo. Tô alçando outros voos e espero ter acertado na sigla porque ela tem uma história de luta. Confesso que eu tinha um pouco de preconceito com a sigla, mas convivendo com eles eu vi que não era nada daquilo que se entendia. A gente só pensava que era algo muito radical, mas, pelo contrário, é extremamente democrático porque tudo é discutido através do voto, como poucos partidos. O PCdoB tem uma discussão coletiva em cima de todo e qualquer assunto, é democracia pura, isso foi um dos pontos que me seduziu”, explicou.

Mas, mesmo sendo dolorido, a decisão por mudar de legenda se dá pela conjuntura política. Helton esclareceu que por acreditar no projeto do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), optou por esse sacrifício para buscar o fortalecimento da reeleição.

“Na verdade, eu faço parte de um grupo político, então eu vou ter que me preocupar com a manutenção do mandato, foi uma coalisão de interesses que se somaram em um propósito maior, que é a cidade. Inegavelmente, a manutenção da aliança com o próprio Cartaxo também nos impulsionou a nossa ida pra lá, como vereador benquisto num universo onde os partidos estão recusando a presença de vereador. Isso é motivo de orgulho. São esses pontos, tudo somou, o prefeito também ficou muito feliz, porque é um partido de base, e se não me engano ele também já foi do PCdoB. Não que eu não me sentisse bem no PP, mas eu estou sendo muito paparicado do PCdoB”, afirmou.

Comente