Suspeito de participar de ataque na comunidade Paulo Afonso é preso

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (3) o homem apontado como o líder de uma facção criminosa e que estava escondido na Comunidade “Bola na Rede”, no Bairro dos Novais, em João Pessoa.

O jovem de 27 anos é investigado por prática de homicídios e por coordenar ataques em comunidades dominadas por facções rivais. Ele foi preso por equipes da Delegacia de Crimes Contra Pessoa de João Pessoa (DCCPes).

O homem estava escondido em uma casa na Comunidade “Bola na Rede”. Os policiais chegaram ao local após descobrir que o suspeito planejava organizar um ataque a uma facção rival que atua na Comunidade Paulo Afonso, em Jaguaribe.

O preso ainda confessou ter participado de um ataque corrido na Comunidade Paulo Afonso, há cerca de dez dias. O conflito acabou após a chegada da Policia Militar. Na fuga, o jovem deixou sua carteira de identidade no interior de um carro apreendido pela Polícia Civil.

No momento da prisão, nesta terça-feira (3), os policiais civis encontraram com o suspeito um carregador de pistola com 13 munições, uma máscara que provavelmente era usada nos crimes e dois aparelhos celulares.

Em interrogatório, o preso confessou ter envolvimento com facção criminosa e ainda ter matado a tiros  uma mulher chamada de Luana em janeiro  deste ano, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa.

Em 17 deste mês, o preso foi indiciado por organização criminosa e teve a prisão preventiva solicitada pela Polícia Civil à Justiça.

Comente