Reitoria decide suspender uso de ar-condicionado nas dependências da UFPB

Reitoria decide suspender uso de ar-condicionado nas dependências da UFPB

Visando diminuir custos com energia elétrica, a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) decidiu suspender o uso de ar-condicionado nos campi de João Pessoa, Areia, Bananeiras e Litoral do Norte. A decisão foi comunicada pela reitora Margareth Diniz, em ofício encaminhado a diversos setores da instituição.

No ofício, a reitora diz que a medida se justifica devido ao orçamento determinado pelo Governo Federal. “Em virtude das restrições orçamentárias e do início das aulas, quando aumenta o consumo de energia, a UFPB está suspendendo o uso de ar-condicionado nas dependências da instituição”, diz a reitora no ofício.

De acordo com o documento, a medida não atinge locais onde o uso dos aparelhos seja imprescindível, como laboratórios de pesquisa, espaços onde funcionam equipamentos que demandam refrigeração ou salas sem janelas, onde não há circulação de ar.

A reitora da UFPB solicita também à comunidade acadêmica que faça o uso racional da iluminação nos ambientes, evitando, se possível, deixar luzes acesas durante o dia.

Confira abaixo cópia do ofício da UFPB

Reitoria decide suspender uso de ar-condicionado nas dependências da UFPB

Comente