Presidente do STJ se declara suspeito e Habeas Corpus de Ricardo será julgado por outro ministro

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, declarou-se suspeito para julgar o pedido de Habeas Corpus da defesa do ex-governador Ricardo Coutinho.

Desta maneira, o processo deve ser despachado por outro ministro da Corte.

+ Pedido de soltura de Ricardo Coutinho será decidido pelo presidente do STJ

O pedido foi protocolado no STJ no início da tarde desta sexta-feira (20) e foi distribuído pela ministra Laurita Vaz.

Ricardo está detido desde a madrugada desta sexta-feira (20), quando desembarcou no Aeroporto Internacional de Natal.

Após audiência de custódia, ele foi encaminhado para Penitenciária Média Hitler Cantalice, conhecida como a ‘Média de Mangabeira’.

Comente