Prefeitura de João Pessoa recebe doação e comprará novos respiradores

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, recebeu, na manhã desta terça-feira (28), a doação de R$ 50 mil da instituição financeira cooperativa Sicredi Evolução para serem utilizados nas ações da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) de prevenção e combate ao novo coronavírus. De acordo com o prefeito, a proposta inicial é que os recursos sejam destinados à compra de respiradores para fortalecer ainda mais a rede hospitalar. “Estamos abrindo o Prontovida, hospital exclusivo para o atendimento de Covid-19 e estamos fortalecendo nossa rede para termos uma capacidade ainda maior de atendimento à população”, explicou Luciano.

De acordo com o prefeito, há uma dificuldade de aquisição de respiradores no momento devido à concorrência em todo o mundo e regiões com maior urgência, mas a Prefeitura busca aumentar a quantidade dos aparelhos na cidade. “Agimos com antecedência em João Pessoa, tomando todas as precauções. Mas é preciso estar sempre um passo à frente do vírus, reforçando a rede de saúde. As dificuldades existem, mas o nosso esforço para salvar vidas é permanente”, explicou o gestor.

Luciano Cartaxo agradeceu ao Sicredi pela doação e afirmou que esta rede de solidariedade que se formou na Capital é fundamental para fortalecer as ações. “O Brasil e o mundo precisam de gestos de solidariedade como este. Só com união e trabalho conjunto, vamos vencer esta luta pela vida. O primeiro passo deve ser o cumprimento do isolamento social. Quem fica em casa cumpre um papel decisivo no combate à Covid-19”, disse, depois de lembrar que a Prefeitura já arrecadou 3,1 toneladas de alimentos e kits de higiene na Central de Doações.

O presidente da Sicredi Evolução, João Bezerra Junior, afirmou que a cooperativa está à disposição de João Pessoa e de todos os municípios paraibanos para ajudar nas ações de combate à Covid-19. “Desejamos muita sorte a todos nesta empreitada e estamos inteiramente à disposição no que for possível para fortalecer estas ações. Estamos doando um total de R$ 600 mil para prefeituras, entidades públicas e privadas e para ações complementares. E esperamos que nossa iniciativa sirva de exemplo para outras instituições também fazerem sua parte”, disse.

Como há a necessidade também de outros insumos e equipamentos de proteção individual (EPI) para serem utilizados pelos trabalhadores da saúde nos hospitais, UPAs e USFs, os recursos doados pelo Sicredi também podem ser utilizados com este objetivo. “A Secretaria Municipal de Saúde verificará a possibilidade de compra dos respiradores e, havendo dificuldade no momento, buscaremos suprir com outras demandas emergenciais no combate à pandemia”, explicou a secretária-adjunta da Saúde, Ana Giovana Medeiros.

Comente