PM lança operação para reforçar o isolamento social no feriadão da Semana Santa

Passou de mil o número de denúncias de aglomerações de pessoas que a Polícia Militar atendeu, nas duas últimas semanas, na Paraíba. Para reforçar as fiscalizações do cumprimento das medidas de isolamento social e prevenir crimes contra a população, a corporação estará atuando com várias operações para reforçar o policiamento durante todo o feriadão da Semana Santa.

Os trabalhos serão coordenados pelo próprio comandante-geral da PM, coronel Euller Chaves, que no começo da semana anunciou, por meio de videoconferência com comandantes das três regiões do estado, as medidas que serão adotadas nos próximos dias pela corporação. “Por determinação do governador João Azevêdo, estaremos reforçando as ações para prevenir os crimes de roubos, arrombamentos e crimes contra a vida, além de dar continuidade às orientações e fiscalizações sobre o isolamento social que se faz necessário para combater o avanço do novo coronavírus, conforme vêm alertando os principais órgãos de saúde do mundo, do Brasil e da Paraíba. Para isso, estaremos atuando com um conjunto de operações para todo o feriadão da Semana Santa”, detalhou.

O plano operacional começa a ser colocado em prática com a Operação Previna-se, que será lançada na noite desta quarta-feira (8). São previstas pelo menos cinco operações para o feriadão, para reforçar a segurança e também prevenir aglomerações, já que no período estarão de folga as pessoas que na pandemia estão trabalhando de casa, no chamado “home office”.

Do dia 24 até essa terça-feira (7), foram atendidas 1.084 denúncias de aglomeração de pessoas em bares, festas e outros pontos proibidos por decreto estadual. A maior parte foi em João Pessoa, com 632 atendimentos, sendo mais de 45% na zona sul, onde foram recebidas 294 solicitações. A capital é onde tem o maior número de casos confirmados de Covid-19, por isso o reforço será maior no município, bem como nas regiões de Campina Grande, Santa Rita, Cabedelo, Igaracy, Junco do Seridó, Patos, Serra Branca e Sousa – onde têm casos da doença.

Pagamento do auxílio – A PM estará reforçando também o policiamento perto de agências bancárias e casas lotéricas, já que estes locais estarão com o pagamento do auxílio emergencial a trabalhadores informais, que começa nesta quinta-feira (9). Além de prevenir crimes perto dos estabelecimentos, os policiais estarão orientando também as agências e clientes sobre o que diz o decreto nº 40.141, de 26 de março de 2020, para manter a distância de 1,5 metro entre as pessoas nesses locais.

Comente