Publicidade
Política

MPPB vai analisar áudio vazado de reunião entre Cartaxo e secretários

"Evidenciada a prática de algum ilícito adotará, como de costume, todas medidas cabíveis ao caso", informou o órgão

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) vai analisar o conteúdo do áudio vazado de uma reunião entre o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), e os atuais secretários Adalberto Fulgêncio e Diego Tavares, envolvendo supostamente a negociação de propinas. A informação foi confirmada, na tarde desta quinta-feira (28), pelo órgão ao portal PB Agora.

- Continua depois da publicidade -

De acordo com informações fornecidas pelo MPPB, caso seja evidenciada a prática de algum ilícito, o Ministério Público tomará as medidas cabíveis, no que tange a lei.

“O Ministério Público da Paraíba vai analisar o áudio e o conteúdo da gravação, e tentar identificar algum dado concreto. Evidenciada a prática de algum ilícito adotará, como de costume, todas medidas cabíveis ao caso”, informou o MPPB, através de sua assessoria de imprensa.

O caso

+ Cartaxo, Fulgêncio e Diego são flagrados supostamente negociando propina

+ Saiba o que é ’00’ e ’25’ do áudio da reunião entre Cartaxo e secretários

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar