Publicidade
Política

Julian Lemos compartilha ‘fake news’ e, após RC anunciar processos, apaga

'Fake news' foi desmentida pelo MPPB; o parlamentar ainda atacou a imprensa

O deputado federal Julian Lemos (PSL) compartilhou a informação falsa de que o ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) e o secretário Waldson Souza estariam sendo alvo de mandados de busca e apreensão no âmbito de um suposto desdobramento da Operação Calvário. A ‘fake news’ foi desmentida pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB).

+ MPPB desmente operação do Gaeco e RC decide processar quem criou fake news

- Continua depois da publicidade -

Em seu texto, o parlamentar ainda atacou a imprensa. “Vamos ver se os blogs que são financiados pelo Governo terão coragem de bater no chefe da organização”, escreveu.

Por volta das 12h30 a publicação já tinha sido deletada do perfil do parlamentar.

Ricardo processará

Procurada pela reportagem, a consultoria jurídica do ex-governador paraibano informou que estará movendo uma representação criminal contra quem propagou a ‘fake news’. “Já sabemos de onde partiu essa fake news e já estamos nos preparando para impetramos as ações cabíveis”, disse um dos advogados.

“São uns canalhas, processarei todos”, afirmou Ricardo ao Paraíba Já.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar