Mais um partido se solidariza com Márcia Lucena e diz que CPI “fere a dignidade humana”

O PCdoB municipal lançou nota, nesta quinta-feira (20) prestando solidariedade à prefeita de Conde, Márcia Lucena (PSB), após a Câmara do município instaurar um processo de impeachment para investigar contratos de lixo licitados pela gestão em 2017.

Na publicação, assinada pela presidente Maria Laudiceia Almeida Lira, a legenda destaca que a ação dos parlamentares resultou em um massacre midiático, causando prejuízo ao andamento normal da administração da cidade e lembra que as contas da gestão foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) e pela Câmara Municipal de Conde, com apenas uma abstenção.

De acordo com a nota, o “Estado, com seus poderes constituídos agem com viés partidarista à margem da lei, excedendo entendimentos que ferem o princípio democrático do contraditório e da dignidade da pessoa humana.”