- Publicidade -
BrasilJá TV

Senador chama ministro do STF de “bandido”, “corrupto” e “canalha”

O senador Jorge Kajuru (PSB-GO) não poupou adjetivos ao ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes. Em entrevista à rádio Bandeirantes, que foi filmada por populares, o parlamentar chegou a chamar o magistrado de “bandido”, “corrupto” e “canalha”.

- Continua depois da publicidade -

“A CPI da Toga vai lhe convocar. Você será o primeiro a ser questionado. A gente quer saber de onde você tirou R$ 20 milhões em patrimônio! Você tirou das sentenças que vendeu, seu canalha”, ‘detonou” o senador, que perguntou se a quantia era resultado de uma herança ou vitória na Mega Sena.

Kajuru também questionou a quantidade de imóveis que Gilmar Mendes possui em Portugal. “Ele tem vários imóveis em Portugal e viaja 12 vezes por mês para lá! Com o dinheiro de vocês, vocês pagam a passagem aérea de primeira classe para ele! Está tudo documentado no Portal da Transparência”, disse.

Indignado, o senador continuou acusando o ministro do STF de corrupção e questionou sobre a relação de Gilmar Mendes com diversos investigados na Lava Jato.

“Beto Richa, Aécio Neves e Marconi Perillo são sócios dele. Nós vamos investigar todas as empresas em que ele é sócio. O primeiro alvo da CPI da Toga será o Gilmar Mendes”, pontuou.

O senador também apoiou as recentes manifestações contra o STF e defendeu a participação popular nas ruas. Ele ressaltou a importância das redes sociais como forma alternativa de informação.

“A imprensa tradicional é tão corrupta quanto o judiciário. Mas hoje as redes sociais dão mais audiência que qualquer TV de Goiás. São vocês nas redes sociais que estão fazendo com que exista um outro Senado”, ressaltou.

Assista abaixo o vídeo dos ataques de Kajuru ao ministro do STF:

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar