Em busca do G-4, Náutico e Botafogo-PB fazem duelo direto na Série C

Embalado pela vitória reabilitadora contra o Globo-RN, em casa, o Botafogo-PB enfrenta o Náutico neste disposto a se manter no G-4 da Série C. O confronto acontece às 18h, nos Aflitos, em Recife, pela oitava rodada.

O Belo ocupa a quarta colocação da Chave A, com 12 pontos, um mais que o Náutico, o quinto colocado. Por isso, o duelo de hoje é muito importante para o time paraibano.

Para o confronto, o clube vive a expectativa do retorno do meia Marcos Aurélio, capitão e camisa 10 da equipe comandada pelo treinador Evaristo Piza, que ainda se recupera de uma lesão na coxa direita, ainda não é certa a presença do baixinho entre os titulares.

Quem estará em campo é o lateral esquerdo Neuton, apresentado no início da última semana. Ele estreia na vaga de Fábio Alves, titular da posição, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

A última vitória do Náutico, diante do Sampaio Corrêa, representou uma quebra na oscilação da equipe, que vinha de dois empates.

Agora, contra o Botafogo-PB, o Timbu terá a chance de iniciar uma sequência positiva na Série C e conquistar pela primeira vez duas vitórias seguidas na competição, além de se consolidar no G4.

O bom triunfo fora de casa contra os maranhenses, aliás, fez com que o técnico Gilmar Dal Pozzo não tivesse a intenção de alterar a equipe. Entretanto, surgiram três dúvidas forçadas para o treinador.

Por desgaste muscular, os atacantes Neto Pessoa e Wallace Pernambucano, além do volante Danilo Pires, têm presença incerta no confronto, ainda que tenham aparecido no aquecimento do treinamento desta sexta-feira – único período da movimentação aberto à imprensa. A atividade foi a primeira da semana com todo o grupo.

Caso realmente não possam atuar, Dal Pozzo não fez mistério. Adiantou que para a vaga de Wallace, o escolhido será Tharcysio. Já para o lugar de Neto, entrará Matheus Carvalho. Enquanto que para substituir Danilo Pires, o substituto será Jhonnatan.

Independente de quem atuar, o técnico afirmou que a equipe precisa manter o foco a partida inteira para evitar o que aconteceu no último jogo em casa, contra o Globo, quando o Timbu abriu 2 a 0 e sofreu o empate no segundo tempo. As informações são do Voz da Torcida.

Comente