- Publicidade -
Cotidiano

Suspeitos de assaltar ônibus são presos após vítimas acionarem BEPMotos

Trio foi levado para a Central de Flagrantes, no Geisel; eles já tinham passagem pela polícia por roubo

Em menos de cinco minutos, os policiais do Batalhão Especializado de Policiamento com Motocicletas (BEPMotos) localizaram e prenderam dois homens e apreenderam um adolescente em flagrante acusados de assaltarem um ônibus da linha 5120 (Valentina – Epitácio), no início da tarde de sábado (10), perto da Praça das Muriçocas, no bairro de Miramar, na Capital. As vítimas foram diretamente na sede do BEPMotos – que fica no caminho onde passa o coletivo, na Avenida Epitácio Pessoa – e passaram as características dos suspeitos, que rapidamente tiveram a fuga interceptada pelas equipes “Águia Piloto” e “Águia 03”.

- Continua depois da publicidade -

Os suspeitos estavam descendo a pé a ladeira que liga o bairro de Miramar ao Castelo Branco, comemorando o assalto, quando foram surpreendidos pelos policiais nas motos. Com eles, foram recuperados todos os celulares levados dos passageiros, o dinheiro roubado do ônibus e apreendido o simulacro de pistola que eles usaram para intimidar as vítimas.

Os acusados têm 29, 22 e 16 anos. Todos eles já tinham passagem pela polícia por roubo. O trio foi levado para a Central de Flagrantes, no Geisel.

11 prisões

Subiu para 11 o número de presos e apreendidos pelo BEPMotos, desde que o Batalhão foi inaugurado, na última segunda-feira (5). Foragidos da Justiça, suspeitos de roubos e tráfico de drogas estão entre os presos levados para a delegacia pelos “Águias” (como são chamados os policiais que integram a unidade).

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar