Ranking: deputados da PB gastam mais de R$ 2,2 milhões em cota parlamentar

Parlamentares esbanjaram de janeiro a julho deste ano R$ 2.267.728,71 milhões. Mesmo com pandemia, economia foi só de 22% em relação a 2019

Sessões remotas, devido à pandemia. Restrição de circulação de pessoas na Câmara desde 11 de março. Vetos a eventos. Nada disso foi suficiente para que os deputados paraibanos diminuíssem seus gastos parlamentares. Em alguns casos, os gastos foram maiores que nos meses presenciais. Eles esbanjaram, de janeiro a julho deste ano, R$ 2.267.728,71 milhões, usando as cotas parlamentares. Em 2019, no mesmo período, o gasto foi de R$ 2.972.930,96 milhões. Uma redução de apenas 22%.

O Paraíba Já fez um levantamento com os valores gastos por cada parlamentar e encontrou algumas peculiaridades nesse período. A exemplo do deputado que gastou mais no mês que teoricamente, ‘por estar em casa’, deveria ter reduzido as despesas. Ou o parlamentar que gastou, em média, mais de R$ 10 mil por mês só com aluguel de carros. Grande parte dos deputados paraibanos tem algo em comum: o gasto com consultorias e divulgação de atividades parlamentar. A maioria deles gasta boa parte do “cotão” com essas despesas.

Confira os gastos dos 12 deputados eleitos pelos paraibanos

12º Gervásio Maia (PSB)

Gervásio Maia (PSB) foi o parlamentar paraibano que menos utilizou as cotas parlamentares. Os gastos são de R$ 77.833,07 mil no total. Quase metade do valor gastos por seus colegas, em alguns casos. Os maiores gastos do deputado foi com aluguel de veículos, R$ 27.946,67 mil ao todo. Ele também destinou R$ 19.755,11 mil para custear a manutenção de escritório e R$ 9.000,00 mil com divulgação de suas atividades como parlamentar.

Despesas de Gervásio Maia

11º Pedro Cunha Lima (PSDB)

Pedro Cunha Lima (PSDB) é o penúltimo da lista e ocupa o 11º lugar com gastos de R$ 115.370,40 mil. A maior parte do valor foi destinado a divulgação de suas atividades com parlamentar, R$ 83.500,00 mil do total. O segundo maior gasto do parlamenta foi com passagens aéreas, R$ 17.266,14 mil da verba e R$ 7.000,00 mil foi gasto com consultorias.

Despesas de Pedro Cunha Lima

10º Efraim Filho (DEM)

Efraim Filho (Democratas) aparece em 10º. Ele gastou R$ 159.033,51 mil da sua cota parlamentar, de janeiro a julho deste ano. Dentre as despesas, R$ 97.200,00 mil foi destinado a divulgação da suas atividades parlamentares. R$ 26.000,00 mil a consultorias e R$ 13.000,00 mil a locação de veículos.

Despesas de Efraim Filho

9º Dr. Damião (PDT)

Em 9º vem Drº Damião Feliciano (PDT). Dos R$ 161.851,95 utilizados, suas maiores despesas foram com divulgação de suas atividades como parlamentar (R$ 76.000,00), com manutenção de escritório (R$ 36.340,12) e passagens aéreas (R$ 35.454,66). Apesar de gastar apenas R$ 404,39 com aluguel de carros, o parlamentar chegou a destinar R$ 10.522,72 mil da sua verba para combustíveis. Outro fato que chama atenção, são os gastos em fevereiro. Ao todo foram utilizados R$ 52.526,64 mil da cota parlamentar. 46% a mais do que foi gasto em janeiro.

Despesas de Drº Damião

8º Edna Henrique (PSDB)

Edna Henrique (PSDB) aparece em 8º lugar. A parlamentar gastou R$ 171.559,65 mil e suas maiores despesas foram no mês de maio (R$ 38.144,01). Deste valor, Edna utilizou R$ 106.100,00 mil com divulgação de suas atividades parlamentares, R$ 23.120,34 mil com manutenção de escritório e R$ 16.392,55 mil com combustíveis.

Despesas de Edna Henrique

7º Julian Lemos (PSL)

Julian Lemos (PSL) aparece em 7º, com gastos de R$ 168.862,28 no período de janeiro a julho deste ano. Dos valores utilizados da sua cota parlamentar, o deputado destinou R$ 60.300,00 mil nesse período à aluguel de veículos. R$ 10.005 mil foi gasto com combustíveis. O mês de março, quando foram paralisadas as atividades presenciais na Câmara dos Deputados, foi o mês com as maiores despesas do parlamentar. Um total de R$ 47.898,06 mil.

Despesas de Julian Lemos

6º Aguinaldo Ribeiro (Progressistas)

Aguinaldo Ribeiro (PP) é o 6º deputado no ranking dos gastos das cotas parlamentares. As maiores despesas do parlamentar também foram com aluguel de veículos (R$ 41.750,00) e combustíveis (R$ 23.260,47). O mês onde o parlamentar mais usou suas verbas, foi janeiro (28.151,57).

Despesas de Aguinaldo Ribeiro

5º Hugo Mota (Republicanos)

Hugo Mota, durante os primeiros meses de 2020, gastou R$ 188.447,03 mil. Em janeiro, mês com o menor registro de despesas, gastou R$ 7.314,62. Já em fevereiro o parlamentar, ao que parece, desistiu de economizar e gastou quase quatro vezes mais que o mês anterior, um total de R$ 25.222,04. Daí por diante as despesas só aumentaram e em julho ele chegou a gastar R$ 33.724,80. Durante os primeiros meses de 2020, o parlamentar gastou R$ 188.447,03. Deste valor, R$ 20.090,72 foi com combustível.

Despesas de Hugo Mota

4º Wilson Santiago (PTB)

O deputado Wilson Santiago está entre os quatro deputados que mais utilizaram suas cotas parlamentares durante à pandemia. Um total de R$211.393,61 mil. De janeiro a julho o parlamentar gastou cerca de R$ 22 mil em passagens aéreas e R$ 11 mil em combustível. No mês de julho, Wilson comprovou uma despesa de R$ 69.666,87, mais que o dobro do que ele gastou em junho, que foi R$ 32.341,13.

3º Wellington Roberto (PL)

Wellinton Roberto (PL) utilizou R$ 275.823,09 mil das suas cotas parlamentares. Ele também destinou a maior parte desse valor para divulgação das suas atividades parlamentares (R$253 mil). O fato que traz curiosidade nos gastos do parlamentar, é o aumento do valor das despesas no mês de maio, com o isolamento já vigente (R$ 50.139,08). Quase os mesmos custos do mesmo período em 2019, sem pandemia (R$ 49.022,32) e 34% maior que do que foi gasto em abril (R$ 32.794,59) O parlamentar também gastou R$ 19 mil com passagens aéreas, uma média de R$ 3 mil por mês, durante os primeiros meses desse ano.

Despesas mensais de Wellington Roberto

2º Ruy Carneiro (PSDB)

Em seguida vem o deputado federal Ruy Carneiro (PSDB). O parlamentar gastou R$ 278.358,25 mil da sua verba de custeio para atividades. Apesar da maior despesa do parlamentar também ter sido a divulgação da sua atividade parlamentar, um valor de R$185.600,00 mil, 65,53% do total, os gastos com locação de veículos e com combustíveis são os que chamam atenção. R$ 60 mil foi destinado para o aluguel de carros e R$ 24 mil com abastecimento de veículos. Em média, foi destinado cerca de R$ 10 mil por mês com locação de veículos e em torno de R$ 4 mil com combustíveis.

Despesas mensais de Ruy Carneiro

1º Frei Anastácio (PT)

Dos 12 deputados eleitos, o campeão de gastos é Frei Anastácio (PT), que gerou uma despesa de R$ 285.023,26 mil de janeiro a julho deste ano. A maior parte da verba foi utilizada para divulgação de atividade parlamentar, 67% da sua verba, o equivalente R$ 193.000,00 mil do valor total, R$ 109.270,02 mil foram para custear  passagens aéreas e o terceiro maior gasto do parlamentar foi com consultorias, R$ 61.100,00 mil.

Despesas mensais de Frei Anastácio

O que são cotas parlamentares?

As cotas parlamentares serve para atender despesas dos deputados ou seus assessores e não inclui o salário dos funcionários. A cota chega a R$ 45,6 mil mensais, e o valor não utilizado acumula. As informações dos gastos estão no portal da transparência, da Câmara dos Deputados. O salário atual de um deputado federal é R$ 33.763,00. A remuneração mensal leva em conta o comparecimento às sessões deliberativas do Plenário. Ausência não justificada leva a desconto no salário.

Comente