Rainha Elizabeth só deve voltar às atividades públicas após descoberta de vacina da Covid-19

Rainha mantém audiências semanais com o primeiro ministro Boris Johnson, por telefone, e recebe diariamente a caixa vermelha com documentos do governo

Esqueça as audiências privadas no palácio de Buckingham, como entregas de medalhas, ou inaugurações de prédios públicos. Segundo especialistas ouvidos pelo jornal “Daily Mail”, a rainha Elizabeth, de 94 anos, deve ficar reclusa por um bom tempo por causa da pandemia de Covid-19. Alguns acreditam, inclusive, que ela só deve voltar aos compromissos públicos quando uma vacina para descoberta.

Segundo o biógrafo real Andrew Morton, ela vai ser vista pela TV e redes sociais da família real. “É terrivelmente triste, mas não tem como ela voltar para o trabalho habitual. A Covid-19 vai ficar por aí por meses, ou anos. Seria um risco muito grande se ela começasse a encontrar pessoas”, disse ele.

Na manhã desta segunda, uma porta-voz do palácio de Buckingham condiz que a rotina da rainha continua agitada: ela mantém como audiências semanais com o primeiro ministro Boris Johnson, por telefone, e recebe diariamente a caixa vermelha com documentos do governo, mesmo estando no castelo de Windsor, por onde deve ficar por um bom tempo, já que sua agenda está fechada até o outono do norte hemisfério e o palácio de Buckingham estará fechado durante o verão.

Do O Globo

Comente