Publicidade
Esportes

Paraibano Matheus Cunha é campeão e artilheiro do Torneio de Toulon com a Seleção

"Que emoção! Ser campeão e artilheiro com a seleção é indescritível", disse o atacante do RB Leipzig

A Seleção Olímpica Brasileira conquistou no início da tarde deste sábado (15) o Torneio de Toulon, na França. Após o empate, em 1 a 1, no tempo normal, a equipe de André Jardine obteve o título nas cobranças de penalidades máximas por 5 a 4. O paraibano Matheus Cunha, atacante do clube alemão RB Leipzig, além de campeão foi o artilheiro da competição.

- Continua depois da publicidade -

“Que emoção! Ser Campeão e artilheiro com a seleção é indescritível! Obrigado a Deus e minha família por tudo!”, publicou o paraibano em seu Instagram.

O gol no tempo normal foi marcado por Anthony, aos 18 minutos do primeiro tempo. Ogawa deixou tudo igual para o Japão aos 39. A Seleção iniciou o jogo com a seguinte escalação: Ivan; Emerson, Lyanco, Murilo e Iago; Douglas, Matheus Henrique e Pedrinho; Antony, Matheus Cunha e Paulinho.

“Conquista muito importante. Sempre bom começar a trajetória com títulos e estou muito feliz por esse primeiro com a Seleção. Foram jogos difíceis e a união do grupo prevaleceu para que saíssemos com a taça. Consegui ajudar com passes, gol e assistência e, agora, é descansar para fazer um bom retorno com a camisa do Grêmio”, afirmou o volante gremista através da assessoria de imprensa.

Nos pênaltis, Mateus Vital, Douglas, Matheus Henrique, Wendel e Lyanco bateram com perfeição e colocaram o Brasil na frente no placar das cobranças. Na última para os japoneses, Hatete cobrou no canto direito inferior e Ivan fez a defesa.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar