Novo decreto: Márcia Lucena mantém isolamento social até dia 15 de julho, em Conde

Márcia Lucena realizará encontros na próxima semana com vários segmentos, para discutir aos critérios para flexibilização

A Prefeitura de Conde publicou, nesta terça-feira (30), o Decreto que mantém as restrições municipais de combate à pandemia da covid-19 até o dia 15 de julho. Neste período, a prefeita Márcia Lucena anunciou que serão realizados encontros a partir da próxima semana com vários segmentos para discutir critérios para a fase de flexibilização.

A partir da próxima semana, a equipe da Prefeitura de Conde se reunirá com os segmentos religiosos; os segmentos de estética, especificamente com representações de salões de beleza e barbearias e o segmento turístico com representantes de pousadas e restaurantes. As academias de ginástica também serão contempladas nas discussões.

A prefeita Márcia Lucena enfatizou que é preciso cautela e responsabilidade com as medidas que podem representar risco à saúde de toda a população. “Em todos os lugares onde estão flexibilizando a situação piora e retornam com as restrições. Não precisamos passar por isso. Estamos conseguindo manter as pessoas na cidade e tratando-as aqui, mas se os casos continuarem crescendo, podemos perder o controle. Ninguém está sabendo lidar com o coronavírus. A única medida que tem surtido efeito no mundo é o isolamento social, associado ao uso de máscara e a higienização. Na condição de gestora à frente da Prefeitura de Conde, a responsabilidade em preservar a saúde de nossa população é maior”, enfatizou.

Entre as razões para manter as restrições na cidade, a Prefeitura de Conde apontou no decreto municipal entre os fatores para a decisão a velocidade média de transmissão do vírus aumentou exponencialmente no mês de junho, a manutenção da classificação de bandeira laranja para a cidade atribuída pelo Governo do Estado e a manutenção do decreto estadual de nº 40.304/202.

A prefeita Márcia Lucena explicou que, devido às testagens feitas, os números sofreram aumento, demonstrando a circulação do vírus na cidade, o que é preocupante. “O aumento do número de casos está relacionado com o número de testes realizados, no entanto, isso evidencia também a presença do vírus aqui na cidade. Não temos hospitais, não temos leitos de UTI e na região metropolitana nada mudou. Precisamos continuar com os cuidados”.

O Governo Municipal de Conde flexibilizou as atividades da construção civil no dia 13 de junho, garantindo a retomada de obras públicas e privadas na cidade, que tem forte potencial cultural e turístico entre os destinos divulgados pelo governo da Paraíba.

Confira o Decreto Nº 0257/2020 publicado na Edição 1.745 do Diário Oficial do Município.

Comente