MPPB investiga prefeito de Curral de Cima por ato de improbidade

De acordo com denúncia recebida pelo órgão, a gestão não teria repassado às instituições bancárias os descontos na folha de empréstimos dos servidores

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), instaurou um inquérito civil público para apurar supostas irregularidades cometida pela gestão do prefeito de Curral de Cima, Antônio Ribeiro Sobrinho (PSDB), na celebração de convênios entre instituições bancárias e entidades públicas para concessão de empréstimos consignados em folha de pagamento.

De acordo com denúncia recebida pelo MPPB, a gestão municipal não repassou às instituições bancárias, os descontos em folha de empréstimos dos servidores. O inquérito terá o prazo de duração de um ano e tem como objetivo apurar pratica de improbidade administrativa praticada pela Prefeitura Municipal.

A portaria que autoriza a investigação foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do MPPB, desta quinta-feira (15).

Confira decisão na íntegra