MPPB instaura inquérito para apurar prática de promoção pessoal de prefeito, na PB

Investigação tem o objetivo de avaliar até que ponto o administrador público usou dos mecanismos de informação sem lesar o erário

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) instaurou um inquérito civil público para apurar,
em sua extensão, suposta prática de promoção pessoal por parte do prefeito de
Aroeiras, Mylton Domingues de Aguiar Marques.

O inquérito civil tem o objetivo de avaliar até que ponto o administrador público usou dos mecanismos de informação impresso, visual ou virtual para noticiar ao povo a prestação de contas e os resultados alcançados por sua gestão, sem, contudo, haver promoção pessoal e lesão ao erário.

A ação foi ajuizada pelo promotora de Justiça, Sandremary Vieira, e tramita na Promotoria de Justiça de Umbuzeiro. A investigação foi autorizada no dia 28 de julho e publicada no Diário Oficial do MPPB em 11 de agosto.

Veja documento

Comente