- Publicidade -
Cotidiano

Moradores acionam MP contra Cartaxo para resolver ocupação irregular, no Bessa

Moradores do bairro do Bessa, após não obter solução por parte da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) entraram com uma ação no Ministério Público da Paraíba (MPPB), contra contêineres que estão sendo usados para fins comercias e estão invadindo áreas públicas e canteiros verdes no bairro.

- Continua depois da publicidade -

Os moradores denunciaram ao Paraíba Já, que canteiros estão sendo tomado pelo contêineres que são transformados em áreas comerciais. Na rua Severino Nicolau de Melo, já existem dois contêineres, em canteiros onde eram plantadas árvores.

Outro problema denunciado é que os contêineres estão sendo instalados em áreas sem drenagem e esgotamento sanitários, mas possuem banheiros. Os proprietários, de acordo com os moradores, afirmaram que existe uma parceria entre eles e a Prefeitura Municipal de João Pessoa, para o funcionamento dos seus estabelecimentos comerciais.

De acordo com os moradores, um contêiner instalado em uma esquina, no bairro do Bessa, foi colocado em cima de um canteiro e dificulta a visibilidade de motoristas que precisam transitar na rua, inclusive, eles denunciam que já aconteceu acidente no local. Após esse acidente, os moradores foram a Ouvidoria da Prefeitura formalizar a reclamação. A Prefeitura compareceu ao local, fez a medição, mas até o momento não tomou nenhuma providência para solucionar o problema, ou providenciar a retirada do contêiner.

Após isso os moradores, juntamente com as Associações do bairro resolveram recorrer ao Ministério Público, para tentar encontrar uma solução para o problema. Eles também estão se organizando para fazer um protesto no bairro, nos próximos dias.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar