Mesmo com pandemia do coronavírus, Botafogo-PB recebe o Sousa nesta quarta pelo Paraibano

Em meio a pandemia mundial do coronavírus e 19 estaduais paralisados para minimizar as possibilidades de contaminação com a doença, o Campeonato Paraibano tem prosseguimento nesta quarta-feira (18). No estádio Almeidão, sem público, o Botafogo-PB vai enfrentar o Sousa, às 20h30, em jogo atrasado da quarta rodada do Campeonato Paraibano.

Comandado pela segunda vez por Warley Santos, o Botafogo-PB tem o retorno de Rodrigo Andrade, que ficou fora por suspensão da vitória por 4 a 1 sobre o Nacional de Patos no último fim de semana. Por outro lado, lesionado, o atacante Lohan se junta ao também atacante Kelvin, o goleiro Samuel Pires e o volante Rogério como desfalque. Wellington Cézar, suspenso pelo terceiro amarelo, também fica de fora e dará a oportunidade do Belo estrear o volante Mineiro. Em caso de vitória, a equipe pessoense sobe para o G2, ultrapassando o Treze na vice-liderança do Grupo A, ficando com 2 pontos a menos que o líder Atlético de Cajazeiras, mesmo com um jogo a menos ainda.

Podendo assumir a ponta do Grupo B caso consiga vencer, o Sousa vai para sua segunda partida consecutiva fora de casa. Depois de perder do Treze no domingo, o treinador Givanildo Sales ainda terá dois jogos no Marizão na sequência para ir em busca da confirmação da vaga na semifinal. Isso se o campeonato continuar. Para o duelo no Almeidão, Gionnotti pode assumir uma vaga no time titular entrando na vaga de Jó Boy, assumindo uma postura mais conservadora.

Arbitragem

Quem vai comandar a peleja com portões fechados no Almeidão é Josemarques Domingos, que terá como assistentes Paulo Ricardo Alves e Adailton Anacleto Gomes. Gilberto Sobral é quarto árbitro escalado.

Escalações

Botafogo-PB: Felipe, Léo Moura, Fred, Luís Gustavo, Mário; Mineiro, Everton Heleno, Cássio Gabriel; Pimentinha (Rodrigo Andrade), Dico e Lucas Simón. Técnico: Warley Santos.

Sousa: Camilo, Iranílson, Jeferson, Cláudio Baiano, Nininho; Romeu, Téssio, Bruno Menezes, Dakson; Jó Boy (Gionnotti) e Rodrigo Poty. Técnico: Givanildo Sales. As informações são do Voz da Torcida.

Comente