- Publicidade -
Cotidiano

Márcia Lucena e mais 70 políticos assinam manifesto nacional em defesa do cumprimento das orientações da OMS

Texto é divulgado após pronunciamento de Bolsonaro, feito na noite de terça-feira, em que ele criticou as medidas de isolamento

A prefeita de Conde, Márcia Lucena (PSB) está no grupo dos mais de 70 políticos, de diferentes legendas, que se uniram e criaram um manifesto, para defender a união de forças e respeito às recomendações internacionais, para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus no Brasil. A lista foi organizada pela Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS), e divulgada nesta quinta-feira (26).

- Continua depois da publicidade -

Além de Márcia Lucena, assinam o manifesto lideranças como o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), os senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE), Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Rodrigo Cunha (PSDB-AL), e 17 deputados federais, como Tabata Amaral (PDT-SP), Marcelo Ramos (PL-AM), Professora Dorinha (DEM-TO), João Campos (PSB-PE) e Tiago Mitraud (Novo-MG), entre outros.

O texto é divulgado após pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), feito na noite de terça-feira, em que o chefe do Executivo federal criticou as medidas de isolamento tomadas por governadores e prefeitos e defendeu a retomada das atividades econômicas e escolares e o que chamou de isolamento vertical. A postura contraria orientações da OMS e da maioria da comunidade científica e epidemiológica.

Para o deputado Marcelo Ramos (PL-AM), o manifesto tem um forte simbolismo, ao ser suprapartidário e suprafederativo, por incluir diversos partidos e representantes políticos nos três níveis da federação (União, estados e municípios).

“É importante também para reforçarmos que agora é o momento do isolamento horizontal, de seguir as recomendações da OMS e da Sociedade Brasileira de Infectologia”, disse. “Não significa ignorar o impacto econômico, mas sim submeter as medidas econômicas às decisões de saúde pública. Isso significa aprovar a garantia de renda mínima a trabalhadores informais e autônomos, como faremos hoje na Câmara, e o governo enviar o quanto antes a MP da suspensão temporária do contrato de trabalho com proteção à renda dos trabalhadores formais.”

Confira o manifesto na íntegra:

O rápido e perigoso avanço do novo coronavírus no Brasil impõe a necessidade urgente de concentrarmos todos os nossos esforços no combate à pandemia. Já são mais de 2.500 casos em todas as unidades da federação e 61 mortes, que crescem exponencialmente e podem colapsar o nosso sistema de saúde.  

 Nós, líderes políticos eleitos e membros da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade – RAPS, vimos a público alertar para a gravidade da crise do novo coronavírus, com impactos na saúde, na economia, na segurança, na educação e em muitas outras esferas da vida em sociedade.  

 
 Entendemos que o momento é de união, para encontrarmos soluções mais assertivas e eficientes no enfrentamento da doença, com prioridade na garantia de mais recursos e apoio aos estados e municípios, que estão na linha de frente, atuando para assegurar a dignidade e a sobrevivência da população. É momento ainda de ampliação do diálogo entre as diferentes esferas da federação, em respeito ao pacto federativo.  

 Reforçamos nossa extrema preocupação com qualquer medida, declaração ou decisão política que contrarie as orientações das autoridades sanitárias, em especial da Organização Mundial de Saúde, ou que agrave a vulnerabilidade de milhões de brasileiras e brasileiros expostos à doença e a seus efeitos.  

  A hora é de basear as decisões do poder público nas evidências científicas e empíricas, que já estão sendo amplamente divulgadas internacionalmente e que certamente nos ajudarão a vencer essa crise.   

 
 Assinam o manifesto: 

 
Senadores 

Alessandro Vieira (CIDADANIA-SE) 

Randolfe Rodrigues (REDE-AP) 

Rodrigo Cunha (PSDB-AL) 

 
 

Deputados Federais 

Adriana Ventura (NOVO-SP) 

Alessandro Molon (PSB-RJ) 

Arnaldo Jardim (CIDADANIA-SP) 

Francisco Jr. (PSD-GO) 

Franco Cartafina (PROGRESSISTAS-MG) 

Jaqueline Cassol (PROGRESSISTAS-RO) 

João H. Campos (PSB-PE) 

Leandre (PV-PR) 

Marcelo Calero (CIDADANIA-RJ) 

Marcelo Ramos (PL-AM) 

Pedro Cunha Lima (PSDB-PB) 

Professora Dorinha (DEM-TO) 

Rodrigo Agostinho (PSB-SP) 

Ruy Carneiro (PSDB-PB) 

Tabata Amaral (PDT-SP) 

Tiago Mitraud (NOVO-MG) 

Vinicius Poit (NOVO-SP) 

 
 

Governadores 

Eduardo Leite (PSDB-RS) 

 
 

Deputados Estaduais e Distritais 

Alessandra Vieira (PSDB-PE) 

Chicão Bulhões (NOVO-RJ) 

Chió (REDE-PB) 

Fábio Ostermann (NOVO-RS) 

Laura Serrano (NOVO-MG) 

Leandro Grass (REDE-DF) 

Priscila Krause (DEM-PE) 

Renan Ferreirinha (PSB-RJ) 

Virmondes Cruvinel (CIDADANIA/GO) 

 
 
 

Prefeitos e Vice-Prefeitos 

Alexandre Zeitune (REDE) – Vice-Prefeito de Guarulhos/SP 

Debora Almeida (PSB) – São Bento do Una/PE 

Douglas Lucena (PSB) – Bananeiras/PB 

Edvaldo Nogueira (PDT) – Aracaju/SE 

Guilherme Pasin (PROGRESSISTAS) – Bento Gonçalves/RS 

João Marcelo Dieguez (CIDADANIA) – Vice-prefeito de Nova Lima/MG 

Luciano Buligon (PSL) – Chapecó/SC 

Marcia Lucena (PSB) – Conde/PB 

Miguel Coelho (MDB) – Petrolina/PE 

Paula Mascarenhas (PSDB) – Pelotas/RS 

Raquel Lyra (PSDB) – Caruaru/PE 

 
 

Vereadores 

Adriana Ramalho (PSDB) – São Paulo/SP 

Aline Cardoso (PSDB) – São Paulo/SP 

Alliny Sartori (SOLIDARIEDADE) – Ibitinga/SP 

Ana Beatriz Silva Graça (PATRIOTA) – Carangola/MG 

Caê Martins (PSD) – São José/SC 

Caio Cunha (PODEMOS) – Mogi das Cruzes/SP 

Caio Miranda Carneiro (PSB) – São Paulo/SP 

Chiquinho de Assis (PV) – Ouro Preto/MG 

Deybson Bitencourt (PDT) – Umuarama/PR 

Dori Freitas (REDE) – Mairiporã-SP 

Dra.Cristina (PL) – Goiânia/GO 

Felipe Wellaton (PV) – Cuiabá/MT 

Gabriel Azevedo (sem partido) – Belo Horizonte/MG 

Gilberto Natalini (PV) – São Paulo/SP 

Guto Issa (PODEMOS) – São Roque/SP 

Janaína Lima (NOVO) São Paulo/SP 

Janayna Gomes Silvino(PL) – Itapoá/SC 

Linoberg Almeida (REDE) –  Boa Vista/RR 

Luiz Paulo (PROGRESSISTAS) – Curvelo/MG 

Martins Neto (REDE) – Itabaianinha/SE 

Moisés Barboza Maluco do Bem (PSDB) – Porto Alegre/RS 

Nancy Thame (PV) – Piracicaba/SP 

Patrícia Bezerra (PSDB) – São Paulo/SP 

Péricles Régis (MDB) – Sorocaba/SP 

Petras Vinicius (DEM) – Mossoró/RN 

Police Neto (PSD) – São Paulo/SP 

Ramom Moreira de Lima (DEM) – Bananeiras/PB 

Samuel Ramos (DEM) – Lages/SC) 

Thainara Faria (PT) – Araraquara/SP 

Ticiana Cândido (PDT) – Crato/CE 

Washington Bortolossi (CIDADANIA) – Itatiba/SP

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar