O vereador e líder da situação na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), Milanez Neto (PTB), falou com exclusividade ao Portal Paraíba Já, a respeito do descredenciamento de 171 equipes de saúde da família (ESFs). De acordo como parlamentar, João Pessoa não perdeu nenhuma equipe de saúde e o descredenciamento aconteceu com equipes que não eram habilitadas.

“Não perdemos nenhuma equipe de saúde da família. Eram equipes que não existiam. Estamos com nossas 200 equipes de saúde da família ativas e habilitadas (recebendo recurso). Com a nova política da Atenção Básica foi dado um prazo, em todo Brasil, para as equipes que estavam credenciadas e não habilitadas (não existiam ainda para serem habilitadas), mas em nada prejudicou a nossa saúde”, disse.

Milanez ainda destacou que no início da gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PV), existiam na capital 182 equipes, sendo 70% sem médicos e que a realidade de agora é outra, com um aumento de 18 equipes, sendo elas apenas 5% sem médicos.

“No início da gestão de Cartaxo tínhamos 182 equipes, sendo 70% delas sem médicos. Na atualidade, temos 200 equipes, com apenas 5% delas sem médico, mas com processo autorizado, aguardando currículo. Vale salientar que temos mais de 220 médicos só nos PSFs, pois tem equipes que têm mais de um médico. Somos uma das capitais com maior cobertura de saúde da família, com 86%. A nossa vizinha, Recife, tem pouco mais de 40% de cobertura”, finalizou.

 

Camara Municipal