Islandês transmite ao vivo sanduíche de fast food que não apodrece há 10 anos

(Foto: Angelika Osiewalska/AFP)

Quando o McDonald’s fechou todas suas lanchonetes na Islândia, em 2009, um homem decidiu comprar o último combo de cheeseburguer com fritas colocado à venda.

“Tinha ouvido falar que (alimentos do) McDonald’s nunca se decompõem, então queria saber se era verdade ou não”, disse Hjortur Smarason à agência France Presse.

Nesta semana, faz 10 anos que a aparentemente indestrutível refeição foi comprada, mas não parece.

Observadores podem assistir à transmissão ao vivo em streaming do lanche, que fica guardado em uma redoma de vidro em Snotra House, um hostel localizado ao sul do país nórdico.

“O velhinho ainda está aqui, indo muito bem. Sua aparência ainda é bem boa, na verdade”, disse Siggi Sigurdur, dono do hostel, à BBC News.

“É uma brincadeira, claro, mas que faz você pensar a respeito de o que está comendo. Não há nenhum mofo, só a embalagem de papel envelheceu”, afirmou Sigurdur.

O hostel afirma que recebe hóspedes do mundo inteiro curiosos com o sanduíche e que o site com o streaming chega a ter 400 mil cliques por dia. As informações são da BBC News.

Comente