Após Romero, prefeito do Sertão da PB diz que WhatsApp foi clonando

Após o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD) ter a conta no aplicativo WhatsApp clonada, outro gestor paraibano também teve a conta invadida. O prefeito de Serra Grande, no Sertão da Paraíba, Jairo Halley afirmou que foi alvo do mesmo crime e que os bandidos se passaram por ele para autorizar pagamentos da prefeitura.

Na publicação em uma rede social, o prefeito disse que várias pessoas relataram ter recebido mensagens do número dele, onde ele solicitava dinheiro e autorizava pagamentos em nome dele. Confira nota de Jairo Halley:

Conforme Jairo, o caso foi denunciado na Delegacia de Polícia Civil de Itaporanga.

Comente