Vereador afirma que manterá assinatura em CPI e diz que Cartaxo não atende sua base

1

Contrariando boatos de que os cinco vereadores da base do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), que assinaram o pedido de instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar desvios de recursos no Parque Solon de Lucena (Lagoa), voltariam atrás, mais um se manifesta.

Desta vez, o vereador João dos Santos (PR) reafirmou que não retirará a sua assinatura da propositura. “Não é do meu feitio fazer uma coisa e voltar atrás. Eu não vejo motivo nenhum para que se tire essa assinatura. Eu acredito que o prefeito ao fazer essa obra da Lagoa, bem intencionado, acho que não tem nada a esconder. Portanto eu vou manter a assinatura”, declarou.

João afirmou que o prefeito “vai entender” que ele é um vereador e que assim ele está dando uma oportunidade para o Cartaxo se justificar “qualquer coisa sobre a obra da Lagoa”.

A decisão de assinar a CPI da Lagoa contrariou os interesses da bancada de situação, na qual João é um dos integrantes. Ele deixou claro que não pretende mudar seu posicionamento quanto a isso.

“Continuo defendendo os interesses de João Pessoa. Sou vereador eleito pelo povo. Mas continuar na base do prefeito não depende de mim, depende mais do prefeito. Eu permaneço na base”, afirmou.

E revelou sua insatisfação com o prefeito Luciano Cartaxo. João explica que, ao menos na região em que ele mora, que é Mandacaru, os serviços de responsabilidade da Prefeitura de João Pessoa, estão precarizados.

“Eu moro em um bairro de periferia e é um bairro que faço muitas reivindicações, mas o bairro não está bem assistido. Eu digo o Mandacaru como um todo. Eu tive que fazer com recursos próprios, junto com a comunidade, uma ponte que liga o Mandacaru ao Padre Zé. Então eu permaneço defendendo João Pessoa. Eu não acredito que não é só João dos Santos que está insatisfeito, mas são muitos vereadores. Mas a minha base está mal assistida”, denunciou.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here