Socialista desmente vice-prefeita do Conde e ‘alfineta’: “não sabe porque não mora lá”

    0

    A pré-candidata a prefeita do Conde e presidente do Diretório Municipal do PSB Márcia Lucena, em entrevista ao Paraíba Já, explicou’ a situação das candidaturas do partido no município, negando o nome da vice-prefeita recém filiada à sigla, Sandra Ribeiro, como o escolhido para a disputa eleitoral do próximo ano.

    “Na verdade o que aconteceu foi o seguinte. Nós tivemos até um certo período três pré-candidatos pelo PSB para a disputa no Conde em 2016, eu, Sandra e Waldson. Fizemos uma reunião com o presidente do partido, Edvaldo Rosas, e nessa reunião nós pactuamos que até o final de novembro, ele, como presidente do partido, toda a estadual do partido, a comissão que existia no Conde e o governador, apontassem dentre nós três, quem teria o melhor perfil pra seguir como candidato. Para nossa surpresa, essa indicação aconteceu antes do prazo, e foi no meu nome. Então Waldson e Sandra são companheiros que estão nos ajudando nesse processo”, explicou a pré-candidata.

    Diante da insistência de Sandra ao enfatizar na imprensa de que ainda é a pré-candidata do PSB, Márcia esclareceu o equívoco. “Se ela atualizou essa informação hoje, é porque ela não esteve presente na plenária do PSB no Conde de semana passada. Provavelmente ela não soube do evento, mas é porque Sandra não mora lá. Nós tivemos ontem um evento de filiação e de posse da nova comissão do PSB no Conde, onde eu assumi como presidente dessa comissão, e lá, o presidente estadual do partido, Edvaldo Rosas e outros companheiros estiveram lá, e o presidente falou em alto e bom som que eu sou a candidata do Conde. Esse foi um evento pra 400 pessoas, e eu assumi a presidência da Comissão. Então, ela não soube porque não mora lá”, alegou.

    A pré-candidata elucidou ainda sua vida como cidadã do Conde, rebatendo a fala de Sandra, que afirmava que o Conde não tem perfil de que vota em forasteiros, durante entrevista à rádio Sanhauá. “Deve ter sido para a outra (Tatiana Correia), porque eu sou do Conde, meu pai tem residência lá desde de 1962. Eu nasci em 63, eu casei na igreja do Conde, e nem Tatiana, nem Sandra, nem ninguém que faz política lá, casou e batizou os filhos lá. Moro lá, venho trabalhar e volto todos os dias. Tenho minha casa própria lá. A minha vida é no Conde, meu ritmo de vida é no Conde. Eu não sou forasteira, eu moro no Conde há muitos anos. Já morei fora da Paraíba, mas tenho residência lá. É diferente de pessoas que se dizem do Conde, vão pra lá todo final de semana, mas moram em bairros de classe média em João Pessoa. Então talvez ela não tenha se referido a mim. De fato, se ela se referiu a mim pra me chamar de forasteira, ela se enganou. Como ela não mora lá, tem uma vida política, mas não mora lá, então ela não sabe de fato o que é que acontece por lá”, rebate.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here