Botafogo-PB vai pra zona de rebaixamento da Série C após fim da rodada

0

O duelo deste sábado entre Moto Club e Cuiabá teve requintes de crueldade para o torcedor botafoguense. O Rubro-Negro maranhense abriu o placar logo aos seis minutos da primeira etapa, com gol de Vinicíus Paquetá. A partida ainda contou com um pênalti perdido por Elias, do Dourado, que deixaria o placar igual e evitaria que o Belo caísse de posição. Com a vitória, o Moto chegou aos 20 pontos e subiu da nona para a sétima colocação.

Na 18ª rodada, brigando diretamente com o Moto Club, o cenário é o seguinte: o Botafogo precisa vencer o já classificado Sampaio Corrêa fora de casa e torcer contra o Rubro-Negro do Maranhão que encara o Fortaleza, também longe do seu torcedor. O Tricolor do Pici ocupa a terceira colocação e pode garantir a classificação já neste domingo, quando visita o Confiança no Estádio Batistão, em Sergipe, às 19h.

Em contrapartida, ainda é possível que o Confiança esteja nessa briga. O Azulino, que enfrenta o Fortaleza neste domingo, possui 19 pontos e ocupa a oitava colocação. Em caso de vitória, os sergipanos chegariam aos 22 pontos e não poderiam mais ser alcançados pelo Botafogo. Por causa disso, o torcedor do Belo vai ter que secar o Dragão tanto no duelo deste domingo quanto no próximo sábado, no da 18ª rodada, quando visitam o já rebaixado ASA em Arapiraca.

Foram nove derrotas em 17 partidas disputadas. Até então, ninguém perdeu mais que o Botafogo no Grupo A nesta edição da Série C. Nem mesmo o ASA de Arapiraca que, já rebaixado, foi derrotado em oito oportunidades. A agonia do Belo começou na metade da temporada, qunado a equipe ainda estava no G-4, mas foi perdendo partidas em sequência – um total de seis derrotas consecutivas – e acabou mudando de objetivo no decorrer da competição.

Durante a campanha, o time teve três treinadores. Itamar Schülle, que comandou a equipe na boa campanha de 2016, não resistiu aos maus resultados e foi demitido no início de agosto. Para o seu lugar veio Ademir Fonseca. Contudo, o mineiro não teve um bom desempenho e, após quatro partidas, sendo três derrotas e uma vitória, também deixou o clube da Maravilha do Contorno. Nesta reta final, Ramiro Souza, técnico da equipe sub-19, tem a dura missão de salvar a equipe do rebaixamento.

Na semana decisiva, o Botafogo se reapresenta na manhã desta segunda-feira no Centro de Treinamento da Maravilha do Contorno. Para a partida contra o Sampaio Corrêa, o Belo não vai contar com o volante Magno e o lateral-esquerdo Alyson. Ambos estão suspensos. Afastados no empate diante do ASA, o goleiro Michel Alves, o lateral-esquerdo Bruno Costa e o meia Roger Gaúcho também são dúvidas. O futuro do trio no Alvinegro ainda é um mistério.

O confronto decisivo com o Sampaio Corrêa acontece no próximo sábado no Estádio Castelão, às 19h30. Vale ressaltar que toda a 18ª rodada acontece simultaneamente.

Do Globo Esporte.com/pb

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here