Remédio e cigarro sobem menos, e inflação da baixa renda desacelera

0

Na contramão, subiram os preços de alimentos, de 0,53% para 0,68%; transportes, de -0,40% para -0,01%, e educação, leitura e recreação, de 0,16% para 0,50%.

A taxa para a baixa renda ficou acima da registrada para o conjunto da população, calculada pelo Índice de Preços ao Consumidor – Brasil (IPC-BR), que atingiu 0,26% em junho e 8,54%, nos últimos 12 meses.

Veja a variação de preços de alguns itens:
Arroz e feijão (de 2,84% para 15,14%)
Tarifa de ônibus urbano (de -0,37% para 0,37%)
Passagem aérea (de -4,86% para 8,18%)
Medicamentos em geral (fr 2,94% para 0,16%)
Cigarros (de 8,63% para -0,04%)
Tarifa de eletricidade residencial (de 3,26% para 0,97%)
Roupas (de 0,60% para -0,06%)
Tarifa de telefone móvel (de 0,50% para 0,20%).

As informações são do G1.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here