Protesto também na Cultura: Artistas cobram melhorias na gestão da Funjope, em JP

    1

    O movimento “SOS Cultura JP”, formado por artistas de várias vertentes insatisfeitos com a gestão da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), realizaram na semana passada um protesto reivindicando promessas de campanha e melhorias para a área. O protesto não teve apenas gritos como música de fundo: eles improvisaram um repente para “Mauricinho”, que critica o presidente do órgão, Maurício Burity.

    De acordo com o ator, diretor e integrante do movimento Antônio Deol, a escolha de 1º de abril como data para realização do protesto foi proposital e promete mais outra manifestação. “É uma mentira esta atual gestão da cultura municipal. Eles fazem propaganda de que trabalham com atendimento da necessidade social quando só defendem interesses particulares. O próximo [protesto], que está sendo articulado, vai ter muito mais repercussão do que esse primeiro vídeo”, disse.

    Deol afirma que não há mais diálogo com  Maurício Burity e que pauta de reivindicações foi entregue ao secretário de Articulação Política de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, que deve avaliar e dar alguma resposta até dia 16 de abril.

    Veja trechos do repente:

    A Funjope não é sua
    A Funjope é do povo
    Se liga, Mauricinho
    Que esse repente é novo (refrão)

    Tem um Fundo de Cultura
    Que tá todo atrapalhado
    Nem lança um novo edital
    E nem paga os atrasados

    E esse Fundo de Cultura
    Não por falta de aviso
    Sai prefeito, entra prefeito
    Ninguém quer cumprir o piso

    Um conselho de cultura
    Que nunca resolve nada
    Há mais de um ano parado
    E a galera chateada

    E o Plano de Cultura
    Que era um velho compromisso
    Em dois anos de mandato
    Nada de andar com isso

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here