Lucélio diz que críticas sobre a aliança do PMDB e PSD é hipocrisia

0

O presidente do PSD de João Pessoa e irmão do prefeito Luciano Cartaxo, Lucélio Cartaxo criticou a posição de alguns partidos e da imprensa após a divulgação da aliança entre o PSD e o PMDB na Capital, citada como ‘acordão’.

“É impressionante, o que a gente tem visto é um incomodo muito grande, coisa que nunca vi. Eu fico até impressionado até bem pouco atrás, quando se lançou essa aliança, boa parte dos partidos e da imprensa, ficaram divulgando como se fosse um acordão, no sentido pejorativo. Mas acordão de que? Olha como é a política na Paraíba”, lembrou.

Lucélio destacou as alianças feitas pelo PSB citando as eleições de 2004, onde Manoel Junior foi vice-prefeito do atual governador da Paraíba, Ricardo Coutinho e o apoio de Efraim Filho e Cássio Cunha Lima (PSDB), questionando o motivo para que a aliança entre o PSD e o PMDB tenha sido vista com estranhamento. Ele ainda citou que as alianças estão sendo feitas pelas avaliações positivas da gestão de Luciano Cartaxo.

“O PSB é um partido que já provou de tudo de alianças na Paraíba, de A a Z. Quem foi o candidato a vice-prefeito do atual governador na primeira eleição em João Pessoa? Manoel Junior, do PMDB. Quais foram os dois senadores ocupando uma chapa com o atual governador na eleição de 2010? Efraim e Cássio. Então, pelo amor de Deus, vamos deixar de hipocrisia. Isso é conversa pra boi dormir. Essa história de que é chapão e não podemos. Ora, já foi feito aliança de tudo quanto é jeito na Paraíba e essas alianças estão avançando no sentido de que temos uma gestão bem avaliada, que a população de João Pessoa respeita, que tem um prefeito trabalhador, a prefeitura está no caminho certo, então é natural esse apoio. Então, a população de João Pessoa respeita, aceita e sabe que essa gestão faz um trabalho, sério e por isso a gente tem esse leque de aliança”, afirmou.

Ele acredita que a reforma política irá mudar a falta de democracia que existe entre os partidos e afirma que a escolha dos apoios políticos é feita pensando nos pessoenses.

“O que o presidente do PSB de João Pessoa disse foi um absurdo. Dizer que vai para uma convenção e lá ainda não estar certo. Que democracia é essa? A reforma política está corrigindo atitudes como essa. Como é que um presidente de um partido vem dizer que vai fazer uma convenção e no dia seguinte vai borrar a chapa? Que prática política é essa? Isso não convém com a democracia. Hoje o que nós estamos vivenciando é um trabalho muito bem realizado e estamos somando partidos em favor do povo de João Pessoa”, concluiu.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here