Valentina e Cuiá registram maiores volumes de chuva em João Pessoa neste sábado

Uma equipe da Defesa Civil foi ao local e deu toda a assistência aos moradores atingidos

Diante da ocorrência das chuvas na madrugada desta sexta-feira (17), a Prefeitura Municipal de João Pessoa, por meio da Coordenadoria de Defesa Civil, está intensificando o trabalho preventivo e de atendimentos para possíveis urgências e chamados.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de João Pessoa, Noé Estrela, choveu na Capital 83mm nas últimas 24h, com o maior registro de chuva no Cuiá e no Valentina de Figueiredo, onde foram registrados uma queda de um muro e a necessidade de remoção de uma família, pois a casa apresentava rachaduras colocando em risco os residentes. Uma equipe da Defesa Civil foi ao local e deu toda a assistência aos moradores atingidos.

“Na população ribeirinha até o presente momento não houve chamados para o local. Nós temos realizado um trabalho preventivo há sete anos com limpeza de rios, retirada de famílias em situação de risco que são deslocadas para os novos residenciais construídos pela Prefeitura. No entanto, existem ocupações irregulares que correm mais riscos neste período chuvoso”, explicou.

Diante da ocorrência das chuvas na madrugada desta sexta-feira (17), a Prefeitura Municipal de João Pessoa, por meio da Coordenadoria de Defesa Civil, está intensificando o trabalho preventivo e de atendimentos para possíveis urgências e chamados.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de João Pessoa, Noé Estrela, choveu na Capital 83mm nas últimas 24h, com o maior registro de chuva no Cuiá e no Valentina de Figueiredo, onde foram registrados uma queda de um muro e a necessidade de remoção de uma família, pois a casa apresentava rachaduras colocando em risco os residentes. Uma equipe da Defesa Civil foi ao local e deu toda a assistência aos moradores atingidos.

“Na população ribeirinha até o presente momento não houve chamados para o local. Nós temos realizado um trabalho preventivo há sete anos com limpeza de rios, retirada de famílias em situação de risco que são deslocadas para os novos residenciais construídos pela Prefeitura. No entanto, existem ocupações irregulares que correm mais riscos neste período chuvoso”, explicou.

Qualquer situação que possa está oferecendo risco, a população pode entrar em contato com a Defesa Civil através do telefone 0800.285.9020.

Veja vídeo

Comente