Tárcio Teixeira denuncia pressão a servidores terceirizados por gestão de Cartaxo

O candidato ao Governo do Estado pelo PSOL, Tárcio Teixeira, acusou a gestão de Luciano Cartaxo (PV), prefeito de João Pessoa, de fazer pressão a servidores terceirizados para participarem de eventos políticos do candidato a governador Lucélio Cartaxo (PV).

Segundo Tárcio, uma servidora que trabalha em uma creche de João Pessoa lhe enviou um print mostrando suposta pressão em um grupo de WhatsApp para que as trabalhadoras terceirizadas fizessem “porta a porta” nas suas áreas.

Publicidade
ALPB

Leia a nota na íntegra do candidato:

Não é de hoje que recebo denúncias de servidores terceirizados sendo obrigados a fazer campanha, seja de forma indireta com o velho “se não for você sabe, né?” ou direta, com visita do chefe na casa dos funcionários ou reunião entre servidores que acabam sendo levados uns a fiscalizarem os outros.

Hoje recebi um print de um grupo, a pessoa que passou afirma ser de um grupo oficial das pessoas que trabalham nas creches de João Pessoa. Essas trabalhadoras estão sendo obrigadas a participar de porta a porta em suas áreas.

Temos a obrigação de tomar público não apenas o ataque ao processo democrático, com esse desequilíbrio econômico, mas principalmente denunciar esse assédio contra os trabalhadores.

Além de tornar pública essa questão, faço uma sugestão, que tal verificar as doações de campanha via vaquinha, será que lá se encontram outros tantos terceirizados e codificados?

Esse novo verde é a cara da velha política.

Tárcio 50
Governador da Paraíba

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]