Suspeita de fraude: procurador da UFPB dá parecer por anulação de eleição para reitor

De acordo com denúncia anônima, estudantes não matriculados regularmente na universidade teriam participado da votação

O procurador geral da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Carlos Octaviano Mangueira, emitiu parecer pela anulação da consulta online que escolheu a candidata Terezinha Domiciano para a reitoria da instituição. A votação foi realizada na semana passada.

O parecer foi dado após uma denúncia anônima, que questionou o resultado diante de uma possível fraude no processo. De acordo com a informação, estudantes não matriculados regularmente na universidade teriam participado da votação.

De acordo com a Superintendência de Tecnologia da Informação (STI) da UFPB, a consulta aconteceu normalmente, sem indício de fraude. A STI também revelou que 231 alunos matriculados em cursos de extensão votaram, pois mantinham outros vínculos com a instituição.

Comente