Polícia resgata 346 animais silvestres do comércio ilegal em Campina Grande

    0

    Uma operação realizada pelo Batalhão de Polícia Ambiental, nesse domingo (26), na feira da Prata, na cidade de Campina Grande, resgatou 346 animais silvestres, entre aves e répteis. Quatro pessoas foram conduzidas até Central da Polícia Civil. Gilvandro Farias Sousa, de 42 anos; Ricardo Francisco Ferreira, 36; Joacir dos Santos, 38 anos, e um adolescente, de 17, foram autuados pelo tráfico dos animais, cujas multas variam entre R$ 500 e R$ 5 mil. O jovem também foi autuado por maus tratos.

    De acordo com o comandante do Pelotão Ambiental em Campina Grande, tenente Rodrigues, a operação foi desencadeada após um levantamento feito pelo Núcleo de Inteligência do Batalhão Ambiental. “O serviço de inteligência pontuou os locais e veículos que estavam sendo utilizados no comércio ilegal e fechamos todas as entradas da feira, recolhendo os animais após varredura em toda área e conduzindo os suspeitos identificados até a delegacia”, contou.

    A operação teve a participação de 18 policiais. As aves apreendidas são das espécies coleira, azulão, canário, concriz, rolinha, sabiá, papa-capim, cravina, tico-tico, tiziu, gaturamo, pintassilgo, sanhaçu, maroca, periquito tapacú, bigode, bico-de-lacre, corda-negra, periquito-da-caatinga e galo-de-campina. Também foram apreendidas iguanas, répteis que vivem em florestas tropicais, sobretudo em áreas de matas ciliares.

     

    Comente

    Antares

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here