Polícia Militar emprega efetivo de 5 mil homens para segurança eleições na Paraíba

O plano de segurança das eleições, montado pelo Estado Maior Estratégico da Polícia Militar, prevê quatro eixos principais de atuação: a guarda das urnas eleitorais, a segurança dos 1.776 locais de votação, o reforço do policiamento nos municípios e o acompanhamento em tempo real de tudo que acontece durante o dia do pleito, através dos Centros de Decisões Estratégicas Integrados, instalados em João Pessoa, Campina Grande e Patos. A operação mobiliza cerca de 4.597 policiais e bombeiros militares e 1.380 viaturas.

O embarque do efetivo que vai atuar na operação Voto Seguro terá início nesta quarta-feira (3), a partir das 9h30, com o envio de mais de 300 policiais e bombeiros militares para o reforço na região do Sertão. O ponto de partida será o Centro de Educação da Polícia Militar, em Mangabeira VII, na Capital, com a presença do presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Romero Marcelo, do comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, e de outras autoridades envolvidas na segurança do pleito.

Publicidade
ALPB

A programação do envio das tropas tem continuidade na quinta-feira (4). O embarque do efetivo que vai atuar na região Agreste do estado e será concluída na sexta-feira (5), com o envio do reforço para as cidades do litoral paraibano.

Na sexta-feira, a Polícia Militar já estará pronta para começar a recepcionar e guardar as urnas até a abertura dos portões para o início da votação, que acontecerá às 8h do domingo (7).

Antes de embarcar, os policiais e bombeiros receberão as últimas recomendações e uma cartilha com os procedimentos legais que são adotados contra as condutas mais corriqueiras no período.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]