Publicidade
Política

Maranhão alfineta aliados que o “abandonaram”: “quem tem medo não pode ser político”; ouça

O senador e pré-candidato ao Governo do Estado, José Maranhão (MDB), mandou um recado para ex-aliados que abandonaram a sua pré-candidatura e aderiram a outros agrupamentos políticos. Se referindo a Nabor Wanderley e Hugo Motta, que deixaram o MDB para ingressar no PRB, Maranhão disse:

- Continua depois da publicidade -

“Um companheiro de rádio em Patos me disse que eles tiveram medo da legenda do PMDB, porque era uma legenda com o standard [padrão] muito alto. Eu disse: ‘medo? A política é uma atividade de risco, quem tem medo não pode ser político’”, disse.

Maranhão, no entanto, negou que estivesse chamando os seus “amigos de longa data” de medrosos. Mas apenas que estava afirmando que o medo é um elemento que não combina com o fazer político.

“Eu não sou que estou dizendo que Hugo e Nabor tiveram medo, quem está dizendo é você [se referindo ao jornalista interlocutor]. Estou defendendo o contrário: que político não pode ter medo”, concluiu.

As falas do senador aconteceram durante entrevista à Rádio Arapuan FM.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar