Mais um policial envolvido no caso George Floyd é solto após pagar fiança

Policial que se ajoelhou no pescoço de Floyd, Derek Chauvin, e outro oficial presente no momento da morte, Tou Thao, continuam presos

O policial norte-americano J. Alexander Kueng, de 26 anos, um dos envolvidos na morte do homem negro George Floyd, sufocado após um policial ficar mais de oito minutos ajoelhado no pescoço dele em Minneapolis, foi solto na sexta-feira (19) após pagamento de US$ 750 mil de fiança.

O valor, equivalente a R$ 3,7 milhões, foi pago ainda no começo da manhã da sexta. J. Alexander é o segundo policial solto sob pagamento de fiança nos EUA . Além dele, Thomas Lane, de 37 anos, foi solto no início de junho. Quatro ex-policiais flagrados por câmeras de segurança e celulares de testemunhas foram demitidos e presos após a morte do homem , que gerou comoção mundial e protestos.

O policial que se ajoelhou no pescoço de Floyd, Derek Chauvin, e outro oficial presente no momento da morte, Tou Thao, continuam presos. A fiança para eles, respectivamente, é de US$ 1,25 milhão e US$ 750 mil. Se forem condenados, eles podem cumprir 40 anos de prisão.

Do Meia Hora.

Comente