Lucas de Brito critica morosidade na contenção da falésia do Cabo Branco

    0

    O vereador Lucas de Brito (DEM) alertou para a possibilidade da perda de R$ 15 milhões de recursos federais pelo Executivo Municipal, alocados desde 2012, destinados às obras de contenção na Falésia do Cabo Branco. O parlamentar criticou a morosidade em resolver a questão, tanto das gestões municipais anteriores até a atual, que, segundo Lucas, havia prometido iniciar as obras até junho deste ano.

    O democrata fez uma análise cronológica do problema, lembrando que, em 1960, o arquiteto e paisagista Roberto Burle Marx elaborou um projeto de contenção da Barreira; e que em 2000 as Universidades Federais da Paraíba (UFPB) e de Pernambuco (UFPE), junto à Fundação Apolônio Sales, concluíram um estudo que diagnosticou um recuo na Barreira de aproximadamente 3 metros ao ano.

    “As gestões municipais não têm tratado o tema com a seriedade que ele merece. O estudo de que falo custou aos cofres públicos R$ 700 mil, ficou pronto em 2009 e sugeriu medidas urgentes no acidente geográfico. Além disso, o tema foi novamente agitado em 2012, quando o deputado federal Manoel Júnior, através de emendas na Câmara dos Deputados, fez uma reserva de R$ 15 milhões destinando verba da União para obras na barreira do Cabo Branco. Os recursos estão alocados desde 2012 e se não utilizados, teremos que devolvê-los neste ano”, informou Lucas.

    O democrata também relembrou que em 2012 os debates políticos em João Pessoa foram fervorosos e todos os candidatos prometeram intervenções na Falésia. “O prefeito Luciano Cartaxo (PT) prometeu que ela seria uma prioridade em sua gestão e o fato é que até hoje ainda não foi. Em 2013, a imprensa cobrou mais ainda a Gestão Municipal e a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) liberou todas as licenças para as obras”, salientou Lucas.

    Comente

    Antares

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here